Orla Pôr do Sol abre festejos da noite de São João

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 21/06/2012 às 14:37:00

O entardecer do dia mais esperado de junho, dia 23, véspera de São João, não poderia ter outra atração a se apresentar no Projeto Orla Pôr do Sol, senão o pé de serra tradicional de Sergipe. A partir das 17h, O 'Trio Sorriso de Prata' abre a noite de festejos em Aracaju, prometendo muito forró aos visitantes da orla do Mosqueiro.
O nome que batiza o grupo é inspirado na letra da música de Mestre Josa, o Vaqueiro do Sertão. O líder é Zito do Forró, cantor e triangulista, acompanhado de José Amintas na Sanfona e o zabumbeiro José Josevan. Embora seja um autêntico trio pé de serra, Zito conta que as apresentações têm um repertório variado para atender aos pedidos do público. "Zezé di Camargo & Luciano, Gonzagão, Cavaleiros, Falamansa, o que pedirem a gente toca", garante o triangulista.
A história de Zito do Forró é um capítulo à parte. "Há 20 anos que canto, subo no palco e faço com que o povo venha para frente dançar", afirma o forrozeiro, que já tocou sua música nas mais tradicionais casas de forró  e espaços culturais da capital, de ontem e de hoje. Entre esses espaços estão o Forró do Candeeiro e Rua 24, onde diz ter sido um dos artistas fundadores do palco deste ambiente que hoje é chamado de Rua do Turista.
"Toquei no circo onde se apresentava Maria Feliciana, onde também tocavam Adalto e Adailton. Toquei triângulo para Gerson Filho", relembra Zito, que embora tenha esta longa caminhada no meio forrozeiro, não recusa convite para tocar em lugar nenhum. "Tocamos em casamento, batizado, aniversário, festas de empresas, eu quero é tocar e cantar, não importa onde nem como", expõe o cantor-triangulista.
Embora a interpretação de outros grandes autores seja o principal repertório do grupo, eles também possuem suas próprias composições, segundo Zito. "Tenho músicas para encher mais de um disco", revela. Atualmente trabalham com a 'Na casa da vovó', um xote-vanerão que em breve pretendem lançar no mercado fonográfico.
"Quero levar um repertório de qualidade, para chamar atenção do turista, com muito arrasta pé, xote, baião, xaxado e se precisar, tocamos um bolero ou sertanejo", cotna Zito, declarando suas intenções para a apresentação do Trio Sorriso de Prata na Orla Pôr do Sol neste sábado.

O Projeto Orla Pôr do Sol - A Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) entregou, no ano passado, a nova estrutura de lazer da orla do Povoado Mosqueiro, batizada de Orla Pôr do Sol. Encarregada da realização de eventos que atraiam sergipanos e turistas ao espaço, a Fundação de Cultura e Turismo de Aracaju (Funcaju), realiza todos os sábados, a partir das 17h o Projeto. A Funcaju leva atrações culturais, dando preferência ao artista local, de forma que mostre nossa cultura aos visitantes e gere renda, tanto a quem se apresenta quanto aos comerciantes locais.