É Tudo Verdade 2020 e SP Cine Play exibem série de Chris Marker

Cultura

 

O festival É Tudo Verdade 2020 On-Line e o Spcine Play exibem em streaming gratuito, a partir do dia 26 de março próximo, a série documental francesa "A Herança da Coruja" ( L'Héritage de laChouette, 1989), do mestre francês Chris Marker (1921-2012). 
Em versão restaurada, a série discute em treze episódios, a partir de treze palavras incorporadas ao vocabulário moderno, o legado cultural e político da Grécia clássica para o mundo contemporâneo. Entre os 60 convidados, encontram-se filósofos como Cornelius Castoriadis, George Steiner e Michel Serre, helenistas como Giulia Sissa e VassilisVassilikos ("Z"), e cineastas como Elia Kazan e Theo Angelopoulos.
Como lembrou o produtor responsável pela série no então nascente canal por assinatura francês La Sept, Thierry Garrel, "o projeto foi baseado em um conceito muito claro: explorar a sombra da Grécia antiga sobre nossas sociedades. Com o objetivo de abraçar o todo, desse ponto de vista, foi um projeto rosselliniano, que trata ao mesmo tempo das ciências, das artes, da política, da antropologia e da história".
Para o crítico de cinema Amir Labaki, diretor-fundador do É Tudo Verdade, "'A Herança da Coruja' é um projeto absolutamente excepcional e atípico. Tão atípico quanto Marker trocar o tradicional gato de estimação por uma coruja. Foi sua maneira de celebrar a metáfora de Hegel, de que 'a coruja de Minerva só voa ao anoitecer', isto é, a interpretação da história exige a passagem do tempo. A série foi sua mais importante obra do gênero para a TV. E, vista hoje, lança luz sobre os desafios essenciais da hora: a defesa da democracia, o combate à misoginia, os perigos da amnésia".
Criado e dirigido pelo crítico Amir Labaki, o É Tudo Verdade conta com o patrocínio do Itaú, Sabesp e Spcine; parceria do SESC-SP e com o apoio cultural do Itaú Cultural. Conta também com a realização do Ministério da Cidadania, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, e da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de São Paulo.
Acesso: www.etudoverdade.com.br e www.spcine.com.br.

O festival É Tudo Verdade 2020 On-Line e o Spcine Play exibem em streaming gratuito, a partir do dia 26 de março próximo, a série documental francesa "A Herança da Coruja" ( L'Héritage de laChouette, 1989), do mestre francês Chris Marker (1921-2012). 
Em versão restaurada, a série discute em treze episódios, a partir de treze palavras incorporadas ao vocabulário moderno, o legado cultural e político da Grécia clássica para o mundo contemporâneo. Entre os 60 convidados, encontram-se filósofos como Cornelius Castoriadis, George Steiner e Michel Serre, helenistas como Giulia Sissa e VassilisVassilikos ("Z"), e cineastas como Elia Kazan e Theo Angelopoulos.
Como lembrou o produtor responsável pela série no então nascente canal por assinatura francês La Sept, Thierry Garrel, "o projeto foi baseado em um conceito muito claro: explorar a sombra da Grécia antiga sobre nossas sociedades. Com o objetivo de abraçar o todo, desse ponto de vista, foi um projeto rosselliniano, que trata ao mesmo tempo das ciências, das artes, da política, da antropologia e da história".
Para o crítico de cinema Amir Labaki, diretor-fundador do É Tudo Verdade, "'A Herança da Coruja' é um projeto absolutamente excepcional e atípico. Tão atípico quanto Marker trocar o tradicional gato de estimação por uma coruja. Foi sua maneira de celebrar a metáfora de Hegel, de que 'a coruja de Minerva só voa ao anoitecer', isto é, a interpretação da história exige a passagem do tempo. A série foi sua mais importante obra do gênero para a TV. E, vista hoje, lança luz sobre os desafios essenciais da hora: a defesa da democracia, o combate à misoginia, os perigos da amnésia".
Criado e dirigido pelo crítico Amir Labaki, o É Tudo Verdade conta com o patrocínio do Itaú, Sabesp e Spcine; parceria do SESC-SP e com o apoio cultural do Itaú Cultural. Conta também com a realização do Ministério da Cidadania, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, e da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de São Paulo.
Acesso: www.etudoverdade.com.br e www.spcine.com.br.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS