Grupo Banese e Governodo Estado distribuem máscaras no Largo da Gente Sergipana

Variedades


 

Grupo Banese e Governo
do Estado distribuem máscaras no Largo da Gente Sergipana
O Grupo Banese, através do Instituto Banese, e o Governo do Estado tem realizado diversas ações de enfrentamento à disseminação do Covid-19 em Sergipe. Além das medidas de prevenção e apoio a segmentos mais afetados pela pandemia, a conscientização é outra vertente importante nesse momento em que o isolamento social e a utilização de máscaras são atitudes ainda mais necessárias. Pensando nisso, o Instituto Banese realizou uma intervenção estética no Largo da Gente Sergipana, colocando máscaras nas esculturas que representam manifestações da nossa cultura, além da distribuição de máscaras através do sistema drive thru.
 A ação teve início neste domingo (17), com a distribuição de mais de 600 máscaras, e seguirá durante toda a semana, das 8h às 18h, sempre no Largo, em frente ao Museu da Gente Sergipana Gov. Marcelo Déda. Diante do Lambe-sujo e Caboclinhos, Taieira, São Gonçalo, Bacamarteiro, Reisado, Parafuso, Chegança e Cacumbi com suas máscaras gigantes, o ato reforça a importância do uso da máscara e promove o acesso dos sergipanos a esse equipamento de proteção.
Segundo o diretor superintendente do Instituto Banese, Ezio Déda, a conscientização é fundamental nesse momento tão crítico em Sergipe. "A ideia da intervenção estética nas esculturas do Largo é uma tentativa de chamar a atenção para a necessidade de utilizarmos as máscaras de proteção. Essa obra tão admirada por representar o nosso povo e nossa cultura, agora com os brincantes usando máscaras, se torna cenário de promoção ao acesso a esse equipamento tão essencial na prevenção ao coronavírus", afirma.

O Grupo Banese, através do Instituto Banese, e o Governo do Estado tem realizado diversas ações de enfrentamento à disseminação do Covid-19 em Sergipe. Além das medidas de prevenção e apoio a segmentos mais afetados pela pandemia, a conscientização é outra vertente importante nesse momento em que o isolamento social e a utilização de máscaras são atitudes ainda mais necessárias. Pensando nisso, o Instituto Banese realizou uma intervenção estética no Largo da Gente Sergipana, colocando máscaras nas esculturas que representam manifestações da nossa cultura, além da distribuição de máscaras através do sistema drive thru.
 A ação teve início neste domingo (17), com a distribuição de mais de 600 máscaras, e seguirá durante toda a semana, das 8h às 18h, sempre no Largo, em frente ao Museu da Gente Sergipana Gov. Marcelo Déda. Diante do Lambe-sujo e Caboclinhos, Taieira, São Gonçalo, Bacamarteiro, Reisado, Parafuso, Chegança e Cacumbi com suas máscaras gigantes, o ato reforça a importância do uso da máscara e promove o acesso dos sergipanos a esse equipamento de proteção.
Segundo o diretor superintendente do Instituto Banese, Ezio Déda, a conscientização é fundamental nesse momento tão crítico em Sergipe. "A ideia da intervenção estética nas esculturas do Largo é uma tentativa de chamar a atenção para a necessidade de utilizarmos as máscaras de proteção. Essa obra tão admirada por representar o nosso povo e nossa cultura, agora com os brincantes usando máscaras, se torna cenário de promoção ao acesso a esse equipamento tão essencial na prevenção ao coronavírus", afirma.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS