Clubes defendem retorno só no final do ano

Esporte

 

Embora já esteja definido que os times sergipanos que participam do quadrangular final retornar aos treinos na próxima segunda-feira (29) e que o campeonato será retomado no dia 25 de julho com o reinicio do quadrangular, presidentes do Sergipe e do Itabaiana discordam e defendem que o Campeonato Estadual recomece no final do ano.
Wilson Mendonça sugere que o recomeço aconteça em dezembro, sem prejuízos para o campeonato do próximo ano. Ernan fala em reiniciar no final do ano, sem contudo, especificar o mês. Essa atitude vai de encontro ao que ficou definido na reunião entre os quatro finalistas na sede da FSF. Na oportunidade, o Sergipe foi o único contrário, mas foi voto vencido.Agora, o presidente interino do Itabaiana, Wilson Mendonça, se soma ao time rubro e reforça a tese de reinício da competição no final do ano.
- Está muito em cima, porque não é só regularizar a equipe. São outros problemas também: de saúde, fazer exames de atletas, além da condição física. Mas, eu vou aguardar primeiro o pronunciamento do governador Belivaldo Chagas, na segunda-feira, 29, e depois disso tomar as providências. Só vou tomar qualquer decisão depois de consultar o conselho. Estou interino, então todas as decisões têm que ser compartilhadas - disse Wilson Mendonça.
Wilson Mendonça faz uma avaliação da situação atual do Itabaiana e mostra que as coisas estão muito complicadas. "Estamos com salários atrasados há dois meses.Oideal seria que o campeonato fosse para o mês de dezembro, antes de começar o outro. E isso mesmo foi dito ao presidente da FSF, Milton Dantas. Na ocasião, Dantas pediu primeiro para aguardar um novo pronunciamento do governador Belivaldo Chagas. Afinal, a data já foi adiada duas vezes. Então, depende muito dos acontecimentos no país, essa doença está crescendo muito", frisou Mendonça.
Pelo lado do Sergipe, o presidente Ernan Sena tem seus motivos para solicitar o adiamento. O Sergipe liberou todo os jogadores no mês de março e com certeza, terá dificuldades para recompor o elenco, por isso ele defende que a data de retorno do quadrangular final seja postergada. "O ideal é que aconteça no final do ano, antes do próximo estadual. O momento agora está ruim para todos", afirmou Ernan Sena.
Ernan Sena acrescentou ainda que se for o caso de o campeonato retornar, o Sergipe não tem local para realizar os treinos a não ser que o Governo do Estado libere o Batistão. Até porque, "cedemos o nosso campo para que fosse montado o hospital de campanha para ajudar a população no combate ao coronavírus", explicou.

Embora já esteja definido que os times sergipanos que participam do quadrangular final retornar aos treinos na próxima segunda-feira (29) e que o campeonato será retomado no dia 25 de julho com o reinicio do quadrangular, presidentes do Sergipe e do Itabaiana discordam e defendem que o Campeonato Estadual recomece no final do ano.
Wilson Mendonça sugere que o recomeço aconteça em dezembro, sem prejuízos para o campeonato do próximo ano. Ernan fala em reiniciar no final do ano, sem contudo, especificar o mês. Essa atitude vai de encontro ao que ficou definido na reunião entre os quatro finalistas na sede da FSF. Na oportunidade, o Sergipe foi o único contrário, mas foi voto vencido.Agora, o presidente interino do Itabaiana, Wilson Mendonça, se soma ao time rubro e reforça a tese de reinício da competição no final do ano.
- Está muito em cima, porque não é só regularizar a equipe. São outros problemas também: de saúde, fazer exames de atletas, além da condição física. Mas, eu vou aguardar primeiro o pronunciamento do governador Belivaldo Chagas, na segunda-feira, 29, e depois disso tomar as providências. Só vou tomar qualquer decisão depois de consultar o conselho. Estou interino, então todas as decisões têm que ser compartilhadas - disse Wilson Mendonça.
Wilson Mendonça faz uma avaliação da situação atual do Itabaiana e mostra que as coisas estão muito complicadas. "Estamos com salários atrasados há dois meses.Oideal seria que o campeonato fosse para o mês de dezembro, antes de começar o outro. E isso mesmo foi dito ao presidente da FSF, Milton Dantas. Na ocasião, Dantas pediu primeiro para aguardar um novo pronunciamento do governador Belivaldo Chagas. Afinal, a data já foi adiada duas vezes. Então, depende muito dos acontecimentos no país, essa doença está crescendo muito", frisou Mendonça.
Pelo lado do Sergipe, o presidente Ernan Sena tem seus motivos para solicitar o adiamento. O Sergipe liberou todo os jogadores no mês de março e com certeza, terá dificuldades para recompor o elenco, por isso ele defende que a data de retorno do quadrangular final seja postergada. "O ideal é que aconteça no final do ano, antes do próximo estadual. O momento agora está ruim para todos", afirmou Ernan Sena.
Ernan Sena acrescentou ainda que se for o caso de o campeonato retornar, o Sergipe não tem local para realizar os treinos a não ser que o Governo do Estado libere o Batistão. Até porque, "cedemos o nosso campo para que fosse montado o hospital de campanha para ajudar a população no combate ao coronavírus", explicou.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS