PM flagra e interrompe vaquejada em Poço Redondo

Geral


  • Equipamentos de som apreendidos pela polícia

  • COM AGLOMERAÇÃO, VAQUEJADA É ENCERRADA PELA POLÍCIA

 

Policiais militares da 
Companhia Inde-
pendente de Operações Policiais em Área de Caatinga (Ciopac) flagraram na tarde desse sábado, uma vaquejada no Povoado Mata Pia do Cágado, em Poço Redondo (Sertão). O evento acabou interrompido, pois descumpriu o decreto estadual que estabelece medidas restritivas para o combate ao novo coronavírus (Covid-19), o que inclui a proibição da realização de eventos e concentrações públicas com aglomeração de pessoas.
O flagrante ocorreu no momento em que as equipes da Ciopac foram verificar uma denúncia repassada por populares. A vaquejada ocorria em uma fazenda, onde os policiais verificaram centenas de pessoas aglomeradas assistindo as disputas entre muitos vaqueiros montados a cavalo.Durante as abordagens, os militares apreenderam 119 fichas de inscrição preenchidas, que estavam em poder de um dos organizadores.
O caso foi registrado na Delegacia Plantonista de Nossa Senhora da Glória. Os responsáveis pela vaquejada deverão ser processados por infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.
Som alto - Outras duas ocorrências de perturbação do sossego com som alto foram registradas durante este final de semana. Na madrugada desse domingo, equipes do 2º Batalhão de Polícia Militar realizaram uma ação de combate à perturbação do sossego que resultou na apreensão de três aparelhos de som automotivo, na orla ribeirinha da cidade de Propriá (Baixo São Francisco).
Os aparelhos sonoros estavam sendo utilizados de forma abusiva, com o volume muito acima do permitido, causando transtornos aos moradores locais. Os proprietários também foram responsabilizados por provocar aglomeração, descumprindo determinações estaduais de prevenção sanitária.Os equipamentos foram apreendidos e os proprietários notificados com Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO).
Em outra ocorrência, na noite da sexta-feira, policiais da 3º Companhia Independente de Polícia Militar apreenderam um aparelho de som automotivo, após a confirmação da perturbação do sossego alheio no Povoado Pau Ferro, em Maruim (Vale do Cotinguiba). A equipe policial foi acionada pelo Ciosp por volta das 22h, para averiguar a informação de que o volume do aparelho sonoro de um veículo estava acima do permitido.No local, os militares confirmaram a veracidade da denúncia. O aparelho foi apreendido e o proprietário do veículo notificado com um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Policiais militares da  Companhia Inde- pendente de Operações Policiais em Área de Caatinga (Ciopac) flagraram na tarde desse sábado, uma vaquejada no Povoado Mata Pia do Cágado, em Poço Redondo (Sertão). O evento acabou interrompido, pois descumpriu o decreto estadual que estabelece medidas restritivas para o combate ao novo coronavírus (Covid-19), o que inclui a proibição da realização de eventos e concentrações públicas com aglomeração de pessoas.
O flagrante ocorreu no momento em que as equipes da Ciopac foram verificar uma denúncia repassada por populares. A vaquejada ocorria em uma fazenda, onde os policiais verificaram centenas de pessoas aglomeradas assistindo as disputas entre muitos vaqueiros montados a cavalo.Durante as abordagens, os militares apreenderam 119 fichas de inscrição preenchidas, que estavam em poder de um dos organizadores.
O caso foi registrado na Delegacia Plantonista de Nossa Senhora da Glória. Os responsáveis pela vaquejada deverão ser processados por infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

Som alto -
Outras duas ocorrências de perturbação do sossego com som alto foram registradas durante este final de semana. Na madrugada desse domingo, equipes do 2º Batalhão de Polícia Militar realizaram uma ação de combate à perturbação do sossego que resultou na apreensão de três aparelhos de som automotivo, na orla ribeirinha da cidade de Propriá (Baixo São Francisco).
Os aparelhos sonoros estavam sendo utilizados de forma abusiva, com o volume muito acima do permitido, causando transtornos aos moradores locais. Os proprietários também foram responsabilizados por provocar aglomeração, descumprindo determinações estaduais de prevenção sanitária.Os equipamentos foram apreendidos e os proprietários notificados com Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO).
Em outra ocorrência, na noite da sexta-feira, policiais da 3º Companhia Independente de Polícia Militar apreenderam um aparelho de som automotivo, após a confirmação da perturbação do sossego alheio no Povoado Pau Ferro, em Maruim (Vale do Cotinguiba). A equipe policial foi acionada pelo Ciosp por volta das 22h, para averiguar a informação de que o volume do aparelho sonoro de um veículo estava acima do permitido.No local, os militares confirmaram a veracidade da denúncia. O aparelho foi apreendido e o proprietário do veículo notificado com um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS