Para o Sergipe agora só falta o título

Esporte


  • O Sergipe venceu e ganhou o direito de decidir nesta sexta-feira, o título estadual contra o principal rival, o Confiança

 

Para uma equipe que 
começou a competi-
ção muito desacreditada, até mesmo pelos seus torcedores, o Sergipe já foi longe demais no certame estadual. Mas a torcida quer mais. Quer o título de campeão estadual, para coroar a campanha de 2020. Depois de um grande primeiro turno onde por pouco não virou o turno na frente, o Sergipe ganhou dentro de campo o direito de disputar o título contra o seu grande rival, o Confiança. A partida está marcada para as 17h45 na Arena Batistão. Pena que por conta da pandemia o jogo será com portões fechados e o torcedor vai ter que se contentar em assistir pela televisão.  
As duas equipes entram em campo nesta quinta- feira 14, em igualdade de condições. O Sergipe com uma ligeira vantagem numérica porque está com 11 pontos ganhos contra 10 do Confiança. O time proletário tem uma partida a menos. O título deve sair nesta sexta-feira. Quem vencer será campeão estadual. Só não teremos um campeão amanhã se o jogo terminar empatado. Aí a decisão fica para o último jogo da competição, dia 21 entre Confiança e Itabaiana, com o time proletário jogando com a vantagem do empate. O importante dessa partida, é que se o Itabaiana vencer garante vaga no Brasileiro da Série D de 2021. 
O Sergipe ganhou o direito de ir à final com a vitória suada de 1X0 diante do Freipaulistano. O único gol da partida foi assinalado por Ewerton Argeu, cobrando penalidade máxima. 
Tudo se encaixou no Sergipe dentro do tempo certo. O time está até agora invicto a 12 jogos. Só perdeu na abertura do campeonato para o Confiança por 2x1. O Sergipe é teoricamente um time inferior a outros com correntes, mas dentro de campo, os jogadores se superam. O técnico Foiani montou uma equipe produtiva. Na retomada esperava-se uma queda do time rubro, porque foi montada quase que uma outra equipe, mas o time se manteve no mesmo ritmo somando 11 pontos. O técnico Foiani está muito confiante na equipe para o jogo contra o Confiança.  
- Para uma equipe totalmente desacreditada desde o início, chegar até essa última rodada brigando pelo título é muito gratificante. Dentro de uma realidade muito difícil, quem vivenciou a realidade dentro do Sergipe sabe da dificuldade que foi enfrentada. Houve uma entrega de todos em acreditar que tudo é possível, em acreditar que quando uma equipe se entrega de corpo e alma dentro das quatro linhas, óbvio que com muito trabalho, muita dedicação e muito estudo sobre o adversário, a equipe pode conseguir seus objetivos. Mas isso tudo depende muito do atleta acreditar naquilo que você está transmitindo. O grupo está de parabéns até então pela campanha e me sinto muito feliz e honrado de estar podendo chegar a mais uma disputa de título - disse Paulo Foiani.
- A conquista das vagas da Copa do Brasil e da Série D do ano que vem já foi um grande feito. Masa gente quer mais. A gente sabe da força do Confiança, mas é acreditar que tudo é possível. É recuperar os atletas para que todo mundo esteja inteiro, para buscarmos esse título -disse o treinador do Sergipe.

Para uma equipe que  começou a competi- ção muito desacreditada, até mesmo pelos seus torcedores, o Sergipe já foi longe demais no certame estadual. Mas a torcida quer mais. Quer o título de campeão estadual, para coroar a campanha de 2020. Depois de um grande primeiro turno onde por pouco não virou o turno na frente, o Sergipe ganhou dentro de campo o direito de disputar o título contra o seu grande rival, o Confiança. A partida está marcada para as 17h45 na Arena Batistão. Pena que por conta da pandemia o jogo será com portões fechados e o torcedor vai ter que se contentar em assistir pela televisão.  
As duas equipes entram em campo nesta quinta- feira 14, em igualdade de condições. O Sergipe com uma ligeira vantagem numérica porque está com 11 pontos ganhos contra 10 do Confiança. O time proletário tem uma partida a menos. O título deve sair nesta sexta-feira. Quem vencer será campeão estadual. Só não teremos um campeão amanhã se o jogo terminar empatado. Aí a decisão fica para o último jogo da competição, dia 21 entre Confiança e Itabaiana, com o time proletário jogando com a vantagem do empate. O importante dessa partida, é que se o Itabaiana vencer garante vaga no Brasileiro da Série D de 2021. 
O Sergipe ganhou o direito de ir à final com a vitória suada de 1X0 diante do Freipaulistano. O único gol da partida foi assinalado por Ewerton Argeu, cobrando penalidade máxima. 
Tudo se encaixou no Sergipe dentro do tempo certo. O time está até agora invicto a 12 jogos. Só perdeu na abertura do campeonato para o Confiança por 2x1. O Sergipe é teoricamente um time inferior a outros com correntes, mas dentro de campo, os jogadores se superam. O técnico Foiani montou uma equipe produtiva. Na retomada esperava-se uma queda do time rubro, porque foi montada quase que uma outra equipe, mas o time se manteve no mesmo ritmo somando 11 pontos. O técnico Foiani está muito confiante na equipe para o jogo contra o Confiança.  
- Para uma equipe totalmente desacreditada desde o início, chegar até essa última rodada brigando pelo título é muito gratificante. Dentro de uma realidade muito difícil, quem vivenciou a realidade dentro do Sergipe sabe da dificuldade que foi enfrentada. Houve uma entrega de todos em acreditar que tudo é possível, em acreditar que quando uma equipe se entrega de corpo e alma dentro das quatro linhas, óbvio que com muito trabalho, muita dedicação e muito estudo sobre o adversário, a equipe pode conseguir seus objetivos. Mas isso tudo depende muito do atleta acreditar naquilo que você está transmitindo. O grupo está de parabéns até então pela campanha e me sinto muito feliz e honrado de estar podendo chegar a mais uma disputa de título - disse Paulo Foiani.
- A conquista das vagas da Copa do Brasil e da Série D do ano que vem já foi um grande feito. Masa gente quer mais. A gente sabe da força do Confiança, mas é acreditar que tudo é possível. É recuperar os atletas para que todo mundo esteja inteiro, para buscarmos esse título -disse o treinador do Sergipe.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS