Estacionamento no centro deve ser liberado semana que vem

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 22/06/2012 às 11:19:00

Kátia Azevedo
katiaazevedo@jornaldodiase.com.br

Equipes da SMTT já estão trabalhando para reposição de placas de sinalização nas ruas do centro comercial de Aracaju. A ação faz parte das medidas previstas pela gestão municipal para a liberação de estacionamento no local.
A nova medida integra as ações de um projeto concebido pela equipe técnica da SMTT e segue as diretrizes urbanísticas do Plano Diretor do Município. No inicio desta semana, a prefeitura anunciou que as ruas Aruá e Capela terão o estacionamento liberado no horário das 9h às 16h. Já as ruas Geru e Divina Pastora passarão a ter estacionamento de um lado da via. O trânsito das ruas de Itabaiana e Itabaianinha também deve passar por mudança. As mudanças foram acordadas na semana passada, durante reunião entre os lojistas do centro comercial de Aracaju e o prefeito Edvaldo Nogueira para discutir, mais uma vez, alternativas para o trânsito na área.
As medidas discutidas entre o município e os lojistas definindo novas regras para o trânsito no Centro devem vigorar até que o bolsão de estacionamento planejado pela prefeitura seja instalado. A PMA descartou a possibilidade de retorno de estacionamento no local como era anteriormente por entender que o corredor livre é imprescindível na hora do rush no centro comercial, mas considerou que outras medidas podem ser pensadas a fim de melhorar a situação dos comerciantes, como a liberação temporária do estacionamento em determinados horários.
Parques - A ideia é que sejam construídos três parques de estacionamento no entorno dos Mercados Municipais Albano Franco e Thales Ferraz. Eles criariam centenas de vagas a mais do que a quantidade suprimida pela instituição dos corredores livres. No corredor das ruas Capela e Arauá, por exemplo, foram 132 vagas eliminadas, enquanto no corredor das ruas Itabaiana e Itabaianinha foram extintas 62.
Já os novos estacionamentos disponibilizam 1.409 vagas à população, somando mais de 46 mil metros quadrados de área. O total compreende também vagas exclusivas para idosos e deficientes físicos e espaços destinados para motos e bicicletas. O projeto prevê ainda a criação de um sistema de transporte alternativo específico para os usuários desses estacionamentos, o que, de forma sustentável, reduziria o fluxo de veículos na área central da cidade. Micro ônibus, com capacidade para 22 passageiros, levariam os clientes até pontos pré-definidos de embarque em desembarque localizados em diversos pontos do Centro.
"As equipes estão trabalhando dia e noite para a troca das placas de sinalização. Até o inicio da semana que vem todo o serviço estará concluído e as mudanças começam a vigorar", informa o assessor de comunicação da SMTT, Jairo Alves.