Ideb 2019: o desempenho das escolas da rede estadual

Geral


  • O secretário Josué Modesto dos Passos mostra o desempenho das escolas sergipanas no Ideb 2019

 

O Índice de Desenvolvimento da Edu
cação Básica (Ideb) é o indicador que 
relaciona o desempenho dos estudantes em avaliações externas com os dados de fluxo escolar (aprovação). Ele varia de 0 a 10, e quanto maior o desempenho dos alunos e número de alunos aprovados com qualidade, maior sera? o Ideb.
Ao detalhar o Ideb 2019 Sergipe nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano), o secretárioda Educação  Josué Modesto apresentou que o Ideb Sergipe segue a linha nacional e aponta uma curva crescente de 2017 a 2019, quando saltou de 4,9 para 5,1. Ao analisar somente a rede estadual, as escolas sergipanas passaram de 4,7 para 5,0; ou seja, um percentual de crescimento de 6,4%, atingindo a meta para essa etapa.
A Escola Estadual Epifânio Dórea, sediada em Poço Verde, obteve a melhor pontuação entre as escolas estaduais de Sergipe nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, atingindo o Ideb de 7,6, seguida das Escolas Estaduais Senador Leite Neto e Nossa Senhora da Piedade (DRE 2), ambas em Lagarto e com 7,1; seguidas do Inst. Educ. Sta. Terezinha do Menino Jesus, em Aracaju, com 7,0.
Nos Anos Finais (6º ao 9º ano) também houve uma significativa evolução do Ideb entre 2017 e 2019. Sergipe saltou de 3,8, melhorando seu desempenho em 2019 com a marca de 4,1, um crescimento de 5,1%.  
Dentre as escolas estaduais destaques no Ideb dos Anos Finais, os maiores índices alcançados foram na cidade de Simão Dias (DRE 2): as escolas estaduais José de Carvalho Deda e Maria de Lourdes Silveira Leite, com 5,8 e 5,5 pontos no Ideb, respectivamente. Segue na lista a Escola Estadual Epifânio Dórea (DRE 2), de Poço Verde, a qual também se destacando nessa etapa educacional, com 5,3, juntamente com os Colégios Dr. Evandro Mendes (DRE 2), Lagarto; Amintas Diniz de Aguiar Dantas (DRE 6) de Neópolis, e Almirante Tamandaré (DRE 7), de Nossa Senhora de Lourdes, também com 5,3.
O secretário fez um parâmetro sobre as escolas de ensino médio regular e ensino médio em tempo integral e mostrou que os Estados investidores na política de ampliação do ensino médio integral têm demonstrando uma linha acentuada na qualidade da Educação. 
Em 2017, a rede estadual atingiu a marca de 3,1 saltando para 3,3 em 2019, ou seja, um aumento na qualidade da Educação 6,5%. Das sete melhores escolas que ofertam essa modalidade na rede estadual, cinco são ocupadas pelos Centros de Excelência. O Atheneu Sergipense, em Aracaju (DEA), apresentou pela primeira vez seu resultado, sendo destaque com o Ideb 5,0, seguido do Centro de Excelência José R. Leite, com 4,7, ambos também em Aracaju. O Centro de Excelência Cleonice da Fonseca, em Boquim, se destaca no interior, com 4,6. 
Josué Modesto destacou ainda unidades escolares que ofertam o Ensino Técnico/ Profissional na forma Integrada e citou que quatro escolas configuraram na lista, a exemplo dos Colégio Estadual Cleonice S. Fonseca (Boquim), com 4,6; CEEP Gov. Marcelo Déda (Carmópolis), 4,2; a Associação Mant. Esc. Fam. Agric. Ladeirinhas (Japoatã), com 4,2 e o CEEP Agonalto Pacheco da Silva (Neópolis). 
O secretário concluiu dizendo que "o Ideb não é uma loteria para ganharmos um prêmio, mas um trabalho persistente, programado, que leva tempo para colhermos os frutos. O Estado tem persistido, e estamos dispostos a acertar".

O Índice de Desenvolvimento da Edu cação Básica (Ideb) é o indicador que  relaciona o desempenho dos estudantes em avaliações externas com os dados de fluxo escolar (aprovação). Ele varia de 0 a 10, e quanto maior o desempenho dos alunos e número de alunos aprovados com qualidade, maior sera? o Ideb.
Ao detalhar o Ideb 2019 Sergipe nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano), o secretárioda Educação  Josué Modesto apresentou que o Ideb Sergipe segue a linha nacional e aponta uma curva crescente de 2017 a 2019, quando saltou de 4,9 para 5,1. Ao analisar somente a rede estadual, as escolas sergipanas passaram de 4,7 para 5,0; ou seja, um percentual de crescimento de 6,4%, atingindo a meta para essa etapa.
A Escola Estadual Epifânio Dórea, sediada em Poço Verde, obteve a melhor pontuação entre as escolas estaduais de Sergipe nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, atingindo o Ideb de 7,6, seguida das Escolas Estaduais Senador Leite Neto e Nossa Senhora da Piedade (DRE 2), ambas em Lagarto e com 7,1; seguidas do Inst. Educ. Sta. Terezinha do Menino Jesus, em Aracaju, com 7,0.
Nos Anos Finais (6º ao 9º ano) também houve uma significativa evolução do Ideb entre 2017 e 2019. Sergipe saltou de 3,8, melhorando seu desempenho em 2019 com a marca de 4,1, um crescimento de 5,1%.  
Dentre as escolas estaduais destaques no Ideb dos Anos Finais, os maiores índices alcançados foram na cidade de Simão Dias (DRE 2): as escolas estaduais José de Carvalho Deda e Maria de Lourdes Silveira Leite, com 5,8 e 5,5 pontos no Ideb, respectivamente. Segue na lista a Escola Estadual Epifânio Dórea (DRE 2), de Poço Verde, a qual também se destacando nessa etapa educacional, com 5,3, juntamente com os Colégios Dr. Evandro Mendes (DRE 2), Lagarto; Amintas Diniz de Aguiar Dantas (DRE 6) de Neópolis, e Almirante Tamandaré (DRE 7), de Nossa Senhora de Lourdes, também com 5,3.
O secretário fez um parâmetro sobre as escolas de ensino médio regular e ensino médio em tempo integral e mostrou que os Estados investidores na política de ampliação do ensino médio integral têm demonstrando uma linha acentuada na qualidade da Educação. 
Em 2017, a rede estadual atingiu a marca de 3,1 saltando para 3,3 em 2019, ou seja, um aumento na qualidade da Educação 6,5%. Das sete melhores escolas que ofertam essa modalidade na rede estadual, cinco são ocupadas pelos Centros de Excelência. O Atheneu Sergipense, em Aracaju (DEA), apresentou pela primeira vez seu resultado, sendo destaque com o Ideb 5,0, seguido do Centro de Excelência José R. Leite, com 4,7, ambos também em Aracaju. O Centro de Excelência Cleonice da Fonseca, em Boquim, se destaca no interior, com 4,6. 
Josué Modesto destacou ainda unidades escolares que ofertam o Ensino Técnico/ Profissional na forma Integrada e citou que quatro escolas configuraram na lista, a exemplo dos Colégio Estadual Cleonice S. Fonseca (Boquim), com 4,6; CEEP Gov. Marcelo Déda (Carmópolis), 4,2; a Associação Mant. Esc. Fam. Agric. Ladeirinhas (Japoatã), com 4,2 e o CEEP Agonalto Pacheco da Silva (Neópolis). 
O secretário concluiu dizendo que "o Ideb não é uma loteria para ganharmos um prêmio, mas um trabalho persistente, programado, que leva tempo para colhermos os frutos. O Estado tem persistido, e estamos dispostos a acertar".

Redes municipais

Nas redes municipais, nos Anos Iniciais (1º ao 5º ano) do Ensino Fundamental, Itabaianinha marca 5,7; seguido de Amparo do São Francisco, com 5,4; Macambira, 5,4; Nossa Senhora do Socorro e Malhado dos Bois, 5,0; São Cristóvão, 5,0; e Aracaju, Japaratuba, Telha, Divina Pastora e Tomar do Geru, todas com 4,8. O destaque fica por conta dos municípios do Baixo São Francisco (DRE 6), os quais, pela primeira vez, figuram no Ideb. 

Anos finais

Para os Anos Finais o destaque fica por conta de um município também do Baixo São Francisco, Cedro de São João, com 5,5. A lista é seguida por Moita Bonita, com 5,0; Itabaianinha com 4,8; Amparo do São Francisco, com 4,3; Malhada dos Bois, Cristinápolis, Nossa Senhora do Socorro e Siriri, todas com 4,2; São Cristóvão com 4,1; Brejo Grande, Itaporanga, Japaratuba, Lagarto e Telha, com 4,0; Aracaju 3,9.

Reprovado

A delegada Danielle Garcia, candidata do Cidadania à PMA, aproveitou o resultado do Ideb para fustigar o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), que disputa a reeleição. "Estamos falando de uma das áreas mais importantes para o cidadão. É por meio da Educação que podemos proporcionar um futuro melhor para nossas crianças e jovens e, consequentemente, para o nosso país. Mas, pelo jeito, a qualidade da Educação não é prioridade da atual gestão de Aracaju. Se fosse um aluno, o ensino público municipal estaria abaixo da média e reprovado", afirmou.

Liminar

O juiz José Pereira Neto, da 27ª Zona Eleitoral, concedeu decisão liminar, nesta quarta-feira (16) contra o senador Alessandro Vieira e a pré-candidata a prefeita Danielle Garcia por causa de declaração difamatória e ofensiva do parlamentar contra o prefeito Edvaldo Nogueira, autor da representação. Em entrevista a um portal de notícias, Alessandro fez graves acusações, sem provas, contra o gestor municipal, o que foi considerado, pela Justiça Eleitoral, tentativa de "favorecimento a Danielle Garcia". O magistrado determinou a retirada da publicação do ar e multa diária de R$ 1 mil, em caso de descumprimento.

21 publicações

A pré-candidata a prefeita pelo Cidadania, Danielle Garcia, levou uma dura invertida da Justiça Eleitoral nesta quarta-feira (16). De uma só vez, o juiz José Pereira Neto, da 27ª Zona Eleitoral, determinou que ela retirasse do ar 21 publicações de suas redes sociais. Eram todas publicações contra o prefeito Edvaldo Nogueira. Para o juiz, Danielle fez campanha antecipada, o que é proibido pela legislação. Nos vídeos e imagens, a pré-candidata usou situações fora do contexto ou fez acusações, sem provas, contra o prefeito. Ou ela tira tudo do ar ou pagará multa diária de R$ 1 mil.

Casa Verde

A Medida Provisória (MP) 996/2020, que institui o programa habitacional do governo - casa Verde e Amarela - já recebeu 547 emendas e o prazo para apresentar alterações já foi encerrado. O senador Rogério Carvalho (PT-SE) busca garantir equidade ao programa. Uma das 13 emendas de sua autoria estabelece que a iniciativa do governo deverá beneficiar famílias com renda familiar mensal até R$ 1.800, faixa de renda em que está concentrado o deficit habitacional.

Subvenção

Já o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) propôs que, nos segmentos de menor renda, a subvenção incidirá não apenas sobre os juros, mas também sobre o valor do financiamento, de modo a reduzir o saldo devedor a ser amortizado pelo mutuário. Ele explica que a sua emenda assegura uma redução do principal a ser amortizado, além da redução da taxa de juros sobre ele incidente, para que, desse modo, a política de financiamento seja efetiva para a população de menor renda.

Simão Dias

O ex-senador Valadares denunciou o que considera flagrante da incoerência e de privilégio:     "O governador Belivaldo Chagas participou de ato, organizado a seu mando, pelo seu partido e aliados em Simão Dias, para realizar convenção em favor de seu candidato a prefeito, burlando o seu próprio decreto que proíbe, em face da covid-19, aglomerações públicas ou privadas, e obriga rigorosa obediência aos protocolos de distanciamento social".

Protocolos

Postando a foto da aglomeração, o ex-senador completou: "Para todos os sergipanos, pessoas e empresas, grandes ou pequenas, é proibido romper os protocolos sanitários contra a pandemia, permitindo-se, no entanto, como fica bem evidente, uma exceção, desde que as aglomerações sejam de atos políticos promovidos por apoiadores dos candidatos do governador. .. Para o governo, o que vale é o velho ditado: "faça o que eu digo, mas não faça o que faço".

Homenagem

Para encerrar as atividades do Hospital de Campanha Cleovansóstenes Pereira Aguiar nesta sexta-feira (18), a Secretaria da Saúde de Aracaju planejou uma cerimônia simbólica. A titular da pasta, Waneska Barboza, acompanhará a saída da equipe plantonista. A equipe do projeto 'Som no SUS' fará uma homenagem a todos os profissionais que atuaram no HCamp e aos pacientes que faleceram na unidade.

 

Chapa

O deputado estadual Iran Barbosa aproveitou o expediente desta quarta-feira na Alese, para destacar a indicação da chapa petista que vai disputar a eleição para a Prefeitura de Aracaju este ano. Iran anunciou que o ex-deputado federal Márcio Macedo e a ex-deputada estadual Ana Lúcia serão os nomes do partido para a disputa majoritária. "Esses são os nomes que foram anunciados terça-feira (15) e que serão homologados na convenção do nosso partido, nesta quarta-feira. A imprensa já reverberou o anúncio desses nomes e a aliança, para a disputa eleitoral em Aracaju, entre o PT, a Rede Sustentabilidade e o Pros", afirmou o parlamentar.

Grandeza

Iran Barbosa aproveitou, ainda, para agradecer ao ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Sergipe, Henri Clay Andrade, que era pré-candidato a prefeito de Aracaju pela Rede Sustentabilidade e, compreendendo a importância da esquerda aracajuana ter unidade na disputa eleitoral para o Executivo da capital, abriu mão da sua candidatura e estará apoiando a chapa encabeçada por Márcio Macedo e Ana Lúcia. "Foi um gesto político de muita grandeza, pelo reconhecimento da necessidade de unidade das forças de esquerda em Aracaju para disputar a prefeitura, de forma que quero agradecer, publicamente, ao companheiro Henri Clay por essa importante decisão", disse Iran.

Justificativa

Em razão da pandemia e da necessidade de evitar aglomerações nos locais de votação, a Justiça Eleitoral adicionou uma funcionalidade ao aplicativo e-Título que possibilita ao eleitor fazer a justificativa eleitoral sem sair de casa. Portanto, o eleitor que estiver fora do seu domicílio eleitoral no dia do primeiro turno ou do segundo turno da eleição deverá justificar a ausência preferencialmente pelo aplicativo e-Título, evitando comparecer a uma seção eleitoral somente para  apresentar a justificativa. 

Com agências

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS