Aracajuanos aproveitam noite de sábado no Festival de Teatro

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 02/04/2013 às 11:29:00

O final de semana prolongado está acabando e a parte da população aracajuana que não aproveitou os dias de folga para viajar, foi assistir durante todo o feriado alguns espetáculos que fazem parte do III Festival Sergipano de Teatro. No sábado, 30, por exemplo, foi grande o número de pessoas que foram ao teatro Tobias Barreto, assistir o espetáculo 'Contos, Cantos e Cantigas', do grupo Mamulengo de Cheiroso.

"Já conheço o trabalho do grupo há muito tempo, por isso resolvi vir com toda a família para aproveitar o finalzinho do feriado", afirmou o controle de qualidade Cleverton Matos, que estava com sua esposa e filho na apresentação. "Acredito que esse trabalho que é promovido pelo festival é maravilhoso, pois fomenta o teatro do nosso Estado, que é algo que precisa ser estimulado junto à população aracajuana", completou.
Quem também aproveitou a noite no sábado no III Fest foi a professora universitária, Cristine Jacquet. "Muito legal essa opção de termos teatro gratuito durante o feriado. Meu marido já veio para o festival em outros dias e hoje tive o prazer de vir, inclusive para ver um amigo que é o Augusto, que faz parte do grupo", disse.

A jovem Emilly Firmino tem uma opinião semelhante a de Cristine. Para ela foi muito válida a realização do festival durante o feriado, principalmente por levar grupos sergipanos para apreciação do público. Oportunidades como esta são imperdíveis, e inclusive, pretendo vir em vários dias na semana que vem", ressaltou a moça.

O III Fest acontece até o dia 9 de abril com espetáculos gratuitos em teatros e praças da capital. O evento é uma realização do Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Cultura e Instituto Banese. Apoiam o evento o Banese, Sated/SE, Fundação Aperipê e Shopping Riomar. A Vivo é a operadora oficial do evento.

Sobre o espetáculo - 'Contos, Cantos e Cantigas' marca toda a trajetória de sucesso de um dos mais significativos grupos de teatro de bonecos do país. A apresentação levou ao palco do TTB um pouco de tudo que compõem a cultura popular de Sergipe, passando pelos cânticos, folguedos e pela tradição religiosa.
A apresentação contou ainda com a presença de mestres e personalidades importantes na trajetória do grupo, como dona Nadir e Aglaé Fontes, além da presença dos músicos Pedrinho Mendonça, Júlio Rego e muitos outros.
"É com muita alegria que nós nos apresentamos pela terceira vez no Fest, pois isso mostra que estamos em um projeto que tem continuidade, realizado por uma Secretaria de Estado e que está preocupada com a cultura e com os artistas do nosso Estado", destacou o fundador e diretor da trupe, Augusto Barreto.