TSE alerta sobre mensagens falsas de anulação das eleições

Geral


  • Carreata da campanha de Danielle Garcia

 

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) infor-
mou ontem (20) que circulam nas re-
des sociais mensagens falsas sobre a anulação das eleições em alguns municípios por suspeita de fraude na urna letrônica.
Segundo o TSE, desde a implantação da votação por meio eletrônico, em 1996, nunca houve constatação de fraude no sistema de votação.
Em nota, o tribunal reafirmou que o dispositivo tem 30 camadas de segurança para dificultar fraudes, os dados são transmitidos por uma rede privada, sem conexão à internet ou bluetooth, e lacres de segurança alertam sobre qualquer tentativa de violação dos dados.
Além disso, o resultado da votação pode ser conferido pelos partidos políticos por meio dos boletins de urna, o relatório impresso que indica os votos dados pelo eleitor para cada candidato. O documento é fixado na porta da seção eleitoral ao final do dia de votação. 
O segundo turno das eleições será realizado em 29 de novembro. O pleito ocorrerá em 57 cidades espalhadas pelo país, das quais 18 são capitais, inclusive Aracaju, entre Edvaldo Nogueira (PDT) e Danielle Garcia (Cidadania).
O TSE informa ainda que:
- A urna não tem conexão à internet ou via bluetooth, o que já elimina possibilidade de ataque por hackers;
- A urna possui mais de 30 camadas de segurança encadeadas para dificultar a fraude;
- Há lacres de segurança que mostram qualquer tentativa de violação;
- Antes das eleições, as urnas são expostas a hackers e especialistas que queiram testar sua segurança;
- Ao final da votação, o resultado de cada urna é impresso em cinco vias - uma delas fixada na própria seção eleitoral - e qualquer cidadão pode ter acesso por meio do BU divulgado no site do TSE ou mediante pedido ao juiz eleitoral.
- O resultado divulgado pode ser comparado com os boletins impressos.

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) infor- mou ontem (20) que circulam nas re- des sociais mensagens falsas sobre a anulação das eleições em alguns municípios por suspeita de fraude na urna letrônica.
Segundo o TSE, desde a implantação da votação por meio eletrônico, em 1996, nunca houve constatação de fraude no sistema de votação.
Em nota, o tribunal reafirmou que o dispositivo tem 30 camadas de segurança para dificultar fraudes, os dados são transmitidos por uma rede privada, sem conexão à internet ou bluetooth, e lacres de segurança alertam sobre qualquer tentativa de violação dos dados.
Além disso, o resultado da votação pode ser conferido pelos partidos políticos por meio dos boletins de urna, o relatório impresso que indica os votos dados pelo eleitor para cada candidato. O documento é fixado na porta da seção eleitoral ao final do dia de votação. 
O segundo turno das eleições será realizado em 29 de novembro. O pleito ocorrerá em 57 cidades espalhadas pelo país, das quais 18 são capitais, inclusive Aracaju, entre Edvaldo Nogueira (PDT) e Danielle Garcia (Cidadania).
O TSE informa ainda que:
- A urna não tem conexão à internet ou via bluetooth, o que já elimina possibilidade de ataque por hackers;
- A urna possui mais de 30 camadas de segurança encadeadas para dificultar a fraude;
- Há lacres de segurança que mostram qualquer tentativa de violação;
- Antes das eleições, as urnas são expostas a hackers e especialistas que queiram testar sua segurança;
- Ao final da votação, o resultado de cada urna é impresso em cinco vias - uma delas fixada na própria seção eleitoral - e qualquer cidadão pode ter acesso por meio do BU divulgado no site do TSE ou mediante pedido ao juiz eleitoral.
- O resultado divulgado pode ser comparado com os boletins impressos.

Petrobras

A informação é do jornal Valor Econômico: A Petrobras iniciou a fase não-vinculante da venda de sua participação no Polo Carmópolis, em Sergipe. Segundo comunicado, o polo é composto por onze concessões de campos de produção terrestres em diversos pontos do Estado, além de infraestrutura de processamento, escoamento, armazenamento e transporte.

Tecarmo

O polo é composto ainda pelo Polo Atalaia, que inclui o Terminal Aquaviário de Aracaju (Tecarmo) e o Oleoduto Bonsucesso-Atalaia. A produção média diária do Polo Carmópolis entre os meses de janeiro e outubro foi de aproximadamente 10 mil barris de óleo e 71 mil metros cúbicos de gás.

Mais um

Na manhã desta sexta-feira (20) o PSOL anunciou, através de nota pública, que recomendará a militância, simpatizantes e amigos do partido em Aracaju a não depositar nas urnas nenhum voto na delegada Danielle Garcia (Cidadania), seja por voto crítico em Edvaldo Nogueira, seja para o voto nulo ou branco. A justificativa é que é necessário escolher o terreno para as próximas batalhas da cidade. "É preciso seguir firme na luta contra o avanço da extrema direita, para derrotar Bolsonaro nas ruas e para acumular melhores posições na disputa política que segue nas ruas", diz o partido.

Oposição

O partido afirma que seguirá sendo oposição de esquerda tanto nas ruas quanto na Câmara de Vereadores, através da atuação da vereadora eleita e campeã de votos em Aracaju, Linda Brasil. O PSOL teve como candidato a prefeito de Aracaju, Alexis Pedrão, que chegou em 7º lugar, com 3,18% dos votos válidos.

Sem debate

A TV Atalaia cancelou o debate que realizaria nesse sábado (21) à noite com os dois candidatos a prefeito que passaram para o segundo turno em Aracaju: Edvaldo Nogueira (PDT e Danielle Garcia (Cidadania). O motivo do cancelamento teria sido a desistência de Edvaldo em participar do debate, que seria o primeiro realizado por veículos de comunicação nas eleições 2020. Além disso, a Rede Record vem recomendando o cancelamento de debates em todo o país, como decidiu em São Paulo.

Estratégia

Escondido no programa eleitoral, o senador Alessandro Vieira (Cidadania) continua na linha de frente da campanha da delegada Danielle Garcia (Cidadania). Ontem, em entrevista à Jornal FM revelou que a estratégia do grupo político que comanda Aracaju há 16 anos - no caso, o prefeito Edvaldo Nogueira I(PDT), que disputa a reeleição - " é incitar a abstenção e a ausência do eleitor, e assim desestimular o aracajuanos a exercerem seu poder na democracia".

Feio

E explicou: "Vemos isso na falta aos debates por parte do candidato Edvaldo. É uma estratégia para desmotivar o eleitor e esconder os muitos defeitos da gestão de dele. Se você passa quatro anos criticando uma gestão, se você passa quatro anos apontando de forma muito dura os vários problemas de Edvaldo, Hospital de Campanha, o não cumprimento de promessas, o não pagamento do piso dos professores, e chega na hora da eleição, você tem a possibilidade de mudar e você diz não, não vou mudar, vou fingir que tudo que aconteceu nesses quatro anos não existiu? Isso é muito feio para quem tem a postura de se colocar como representante da mudança".

Não aparece

Apesar de comparecer a todos os atos da campanha de Danielle Garcia, neste segundo turno, o ex-deputado Valadares Filho (PSB), o candidato a vice, continua sem ao menos ser citado no programa eleitoral, reiniciado ontem. Quanto mais aparecer.

Em campanha

A candidata a prefeita de Aracaju, a delegada Danielle Garcia (Cidadania), realizou uma carreata, nesta quinta-feira, que passou pelo Maria do Carmo, São Carlos, Veneza, Dom Pedro, José Conrado de Araújo. Ao lado do candidato a vice, Valadares Filho, ela percorreu as localidades e recebeu o apoio dos moradores, que demonstraram a esperança e o desejo de mudança.

Firme

Danielle Garcia disse que "segue firme nesta luta por todos que depositam em mim tanta confiança porque sabem da minha capacidade de administrar a nossa cidade. Promoveremos uma gestão que garanta a qualidade dos serviços prestados pela prefeitura e que esteja cada vez mais próxima do cidadão. Aracaju vai mudar de verdade e fazer histo?ria elegendo a primeira mulher prefeita".

Demandas

Durante a carreata, a candidata reafirmou suas propostas e também ouviu demandas apresentadas pelos moradores. "Foi justamente ouvindo a população que construímos nosso plano de governo, trazendo propostas concretas para solucionar os diversos problemas existentes e ações que implantaremos para o desenvolvimento da capital. Vamos juntos fazer a mudança de verdade acontecer", ressaltou.

Desertificação

Com a publicação no Diário Oficial do Estado, o projeto de autoria do Poder Executivo, aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa de Sergipe, que institui a Política de Combate à Desertificação (PECD) e estabelece os meios de implementação, agora é Lei Estadual. A proposta do PL é garantir o desenvolvimento sustentável alcançado por meio de medidas de apoio financeiro e não financeiro que visam conferir operacionalidade e viabilidade econômica para as ações sobre combate à Desertificação, Degradação da Terra e Seca (DDTS).

Alcance

A lei 8.785/2020 serve agora como um instrumento de ação permanente, com vistas a prevenir a desertificação e diminuir as áreas desertificadas, por meio da promoção de ações de reconstituição de um meio ambiente favorável à vida e à produção, a partir da formação de legados intergeracionais, nos Municípios de Sergipe, que contribuam no curto, médio e longo prazos para a satisfação do direito a um ambiente melhor, favoreçam a coletividade e as novas gerações e que sejam passíveis de reconhecimento por parte do mercado e das autoridades locais.

Empréstimos

O Senado aprovou ontem (19) o Projeto de Lei 4.528/2020, que dispensa as empresas de apresentarem certidões negativas na hora de pedir empréstimo a bancos públicos. A medida visa facilitar o acesso ao crédito em um período de crise econômica. O projeto traz normas no sentido de auxiliar empresas a pagarem dívidas trabalhistas, quitar salários, entre outros gastos, neste período em que a pandemia do covid-19 reduziu as receitas de várias empresas no país. O projeto vai ser analisado pela Câmara.

Pandemia

O texto suspende até 31 de dezembro deste ano, ou enquanto perdurar o estado de calamidade pública no país, a exigência de certidões de regularidade da Justiça Federal; de certidões negativas de débitos com o FGTS; de certidões negativas de inscrição de dívida ativa da União; de consulta ao Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (Cadin); dentre outros documentos.

Mulheres

A Biblioteca do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou a obra Representação Feminina na Política: Informações Selecionadas, uma compilação de documentos que retratam, em ordem cronológica, a trajetória da conquista dos direitos políticos das mulheres no Brasil.

Referências

A publicação conta com 63 referências, contendo título, link e resumo, que relatam a história de mulheres que alcançaram posições de poder e registram o momento político em que se deu cada conquista. As informações estão dispostas em ordem cronológica decrescente de publicação, ou seja: da mais recente para a mais antiga.

Download

A publicação está disponível para consulta e download gratuitos no Catálogo de Publicações da Biblioteca do TSE, disponível na internet. Ao visitar a página, o usuário encontra, no formato PDF, obras editadas pela Corte Eleitoral e pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), organizadas em ordem alfabética e dispostas com um breve resumo sobre o assunto de que tratam.

Corrupção

O Fórum de Combate à Corrupção de Sergipe (FOCCO/SE) realizará o IV Seminário "Dia Internacional Contra a Corrupção", nesta quarta-feira (25), às 9horas, através do canal no Youtube da Ecojan do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe. O evento é alusivo à data celebrada no dia 9 de dezembro. A ideia do seminário, que conta com inscrições gratuitas e abertas à sociedade, através do site www.tce.se.gov.br/ecojan, é para que membros do FOCCO/SE e convidados abordem temas ligados ao combate à corrupção. Quem acompanhar as palestras receberá certificado de quatro horas do seminário.

Com agências

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS