Após incêndio, lojas de shopping podem voltar a funcionar

Cidades

 

Hoje completa exatamente um mês do incêndio que iniciou no depósito de uma loja de calçados, e se concentrou na área entre o forro de gesso e o teto do Shopping Jardins, na zona Sul de Aracaju. Depois de quase um mês com as atividades suspensas, na manhã de ontem, após nova fiscalização realizada por peritos da Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), através da Defesa Civil de Aracaju, algumas lojas receberam a permissão para reiniciar as atividades comerciais. Por meio de nota pública, a direção do centro de compras enalteceu a permissão concedida, mas alegou que os estabelecimentos precisam passar por adequações em termos de organização. A perspectiva é que o funcionamento ocorra apenas a partir da próxima semana. 
Apesar de ter emitido o Termo de Desinterdição da área que corresponde a quarta etapa do Centro Comercial, a Prefeitura de Aracaju destacou que três lojas permanecem interditadas, e os peritos devem realizar vistorias setoriais pelos próximos dias como medida de segurança e combate a qualquer possibilidade de novos sinistros. Se porventura em alguma das futuras vistorias for observado vulnerabilidade estrutural, a Defesa Civil esclarece que o ambiente pode voltar a ser interditado em sua totalidade. No que se refere à desinterdição do espaço na manhã de ontem, a Semdec esclareceu que o fato ocorreu mediante a verificação de reparos e recebimento das respectivas Anotações de Responsabilidade Técnica (ART). 

Hoje completa exatamente um mês do incêndio que iniciou no depósito de uma loja de calçados, e se concentrou na área entre o forro de gesso e o teto do Shopping Jardins, na zona Sul de Aracaju. Depois de quase um mês com as atividades suspensas, na manhã de ontem, após nova fiscalização realizada por peritos da Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), através da Defesa Civil de Aracaju, algumas lojas receberam a permissão para reiniciar as atividades comerciais. Por meio de nota pública, a direção do centro de compras enalteceu a permissão concedida, mas alegou que os estabelecimentos precisam passar por adequações em termos de organização. A perspectiva é que o funcionamento ocorra apenas a partir da próxima semana. 
Apesar de ter emitido o Termo de Desinterdição da área que corresponde a quarta etapa do Centro Comercial, a Prefeitura de Aracaju destacou que três lojas permanecem interditadas, e os peritos devem realizar vistorias setoriais pelos próximos dias como medida de segurança e combate a qualquer possibilidade de novos sinistros. Se porventura em alguma das futuras vistorias for observado vulnerabilidade estrutural, a Defesa Civil esclarece que o ambiente pode voltar a ser interditado em sua totalidade. No que se refere à desinterdição do espaço na manhã de ontem, a Semdec esclareceu que o fato ocorreu mediante a verificação de reparos e recebimento das respectivas Anotações de Responsabilidade Técnica (ART). 

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS