FORA DO G-4

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 16/04/2013 às 14:48:00

1 - Num campeonato onde já foram assinalados aproximadamente 200 gols, na atual situação já estão fora do G-4 as equipes do Lagarto e América que com suas pontuações não chegam aos 29 pontos que segundo os matemáticos são necessários para ingresso no Cruzamento Olímpico. Cinco jogos faltam, totalizando 15 pontos. Para se ter uma ideia o campeão Itabaiana, após o empate em 1 a 1 com o Lagarto, ficando com 14 pontos, terá que ganhar todos os compromissos que restam para tentar no Cruzamento conquistar o bi. Numa boa estão o Sergipe, 27 pontos (basta ganhar uma partida das cinco), Confiança, 24 pontos; Socorrense, 23 pontos e o River Plate, 21.

2 - Na questão do rebaixamento é imprevisível nada ainda certo com maior possibilidade para o América, lanterna do campeonato apenas com 11 pontos, mas, ainda pode se recuperar. Até o ingresso no G-4 tudo pode acontecer com os jogos restantes, pois os demais clubes estão embolados da 5ª até 8ª posições, com pouca diferença de pontos.  A esta altura do campeonato o G-4 é uma incógnita, repito, mais possibilidades para o Sergipe, o líder, com os seus 27 pontos. Confiança pelo que vem jogando bem é outro favorito, seguido de perto pelo Socorrense e River. Já amanhã, no jogo Itabaiana x Estanciano, se os serranos saírem da partida com o resultado sendo empate ficarão fora do G-4. Triste a situação de um time campeão de 2012 e que investiu muito nas contratações.

Meio de Campo
CRB É O LIDER
CSA passou pelo ASA por 2 a 0 no Rei Pelé, pela penúltima rodada do Hexagonal do Campeonato Alagoano. A vitória deixou o time da capital na vice-liderança da fase. Por outro lado, o ASA caiu para a terceira colocação.  O CRB lidera o Hexagonal.

VAIAS PARA JOEL
O Bahia sofreu com as vaias da torcida e só empatou com o Vitória da Conquista por 1 a 1. O técnico Joel Santana estreou no banco de reservas na Fonte Nova, mas os resultados do Tricolor não melhoraram com a presença do experiente treinador.

CAMPEÃO NO VÔLEI
O Rio de Janeiro voltou a ter um campeão nacional em torneios masculinos de vôlei após 32 anos - o último havia sido o Atlântica/Boavista em 1981. O Rio venceu o Cruzeiro por 3 sets a 1 e conquistou seu primeiro título na Superliga.

Cartão Amarelo
Luiz Roberto: "não sei como meu amigo Milton Dantas, o competente Orleandes, aprovaram a iluminação do Wellington Elias. Tá ruim demais". Alguém precisa de óculos.

Cartão Vermelho
Torcedores de Ceará e Fortaleza se enfrentaram.  Dois torcedores foram mortos, cada um deles com um tiro na cabeça. Ambos vestiam camisa do Ceará.

Gol de Placa
As homenagens pelos 100 jogos de Fabinho Cambalhota pelo Sergipe. Valeram...