Déda visita empresa que gera 2 mil empregos para jovens

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O governador Marcelo Déda visita a AlmavivA  com diretores da empresa
O governador Marcelo Déda visita a AlmavivA com diretores da empresa

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 03/05/2013 às 02:55:00

"Um dos momentos mais importantes para a política de geração de emprego no governo do Estado". Assim, o governador Marcelo Déda definiu a importância estratégica do grupo AlmavivA (de origem italiana) que montou uma central de telemarketing e já recrutou, com a interveniência da Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab), mais de 2.200 jovens sergipanos com idade média entre 18 e 25 anos. A empresa está situada nas antigas instalações da fábrica Confiança, no bairro Industrial, que foram totalmente adaptadas e modernizadas para a nova utilização. A visita foi realizada na manhã de ontem, 2, contando com a participação de dirigentes da empresa, dentre os quais o presidente mundial do Grupo AlmavivA, Alberto Tripi, além de secretários de Estado e membros da administração estadual.

O governador lembrou que esta oportunidade de trazer os investidores estrangeiros foi captada durante a sua participação no Seminário Internacional Brasil-Itália, realizado em 2011, na capital italiana, Roma. "Dois mil empregos foram gerados com a chegada da AlmavivA em Sergipe, num espaço de 12 meses. De maio de 2012 a maio deste ano, os contatos do Governo do Estado com a empresa se transformaram neste extraordinário empreendimento. É uma alegria muito grande reencontrar os dirigentes que encontrei em Roma, na Itália, há dois anos atrás quando propus que eles viessem para Aracaju", destacou o governador referindo-se ao investimento estimado em R$ 30 milhões.

Contextualizando a passagem do "Dia do Trabalhador", 1º de maio, o governador afirmou que a melhor maneira de comemorar a data é ver os postos de trabalho sendo ocupados pela juventude sergipana. "Nossa alegria é ver carteiras de trabalho sendo assinadas e jovens conquistando seu primeiro emprego", salientou.

Ainda de acordo com o governador, a chegada da AlmavivA promove um contributo muito importante para o mercado sergipano que é a inserção da tecnologia. "A chegada de uma empresa que é uma 'grife' mundial e adota a alta tecnologia introduz no mercado sergipano um serviço extremamente importante para as empresas e também para os consumidores em suas relações comerciais, demandas de serviços, reclamações ou resolver suas situações onde contratou os serviços", mencionou o governador, ao referir-se a empresas como a operadora de telefonia Claro e a fornecedora de TV e internet a cabo NET, que estão entre os clientes da AlmavivA.