Produção brasileira de grãos deve crescer 14,2%, estima IBGE

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 10/05/2013 às 11:27:00

Flávia Villela
Agência Brasil

Rio de Janeiro - A produção da safra nacional de grãos deve alcançar 185 milhões de toneladas este ano. A estimativa, referente ao mês de abril, é 14,2% maior que o resultado obtido em 2012 (161,9 milhões de toneladas) e 2% maior que a projeção de março (181,3 milhões de toneladas). Os dados fazem parte da quarta estimativa de 2013 da safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), divulgado ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A área a ser colhida em 2013 é estimada em 52,8 milhões de hectares, 8,2% maior do que a de 2012 (48,8 milhões de hectares) e 0,3% (mais 143.306 hectares) superior ao previsto no mês anterior.
As três principais culturas - arroz, milho e soja - que representam 92,4% da produção de grãos, respondem por 86,1% da área a ser colhida. Em relação a 2012, foi estimado aumento da área a ser colhida de 0,9% para o arroz, 9,1% para o milho e 10,6% para a soja. Ainda na comparação com o ano passado, a produção do arroz deve crescer 5,1%; a do milho, 9,1%; e a da soja, 23,3%.

Entre os 26 produtos selecionados, 18 apresentam variação positiva na quarta avaliação, na comparação entre 2013 e 2012, e oito têm variação negativa.
Na comparação com a produção estimada no mês de março, destacam-se seis produtos: café arábica (1,8%), feijão primeira safra (-7%), feijão segunda safra (3%), milho segunda safra (7,3%), sorgo (7%) e trigo (11,1%).

Entre as regiões pesquisadas, a Sul lidera na produção de cereais, com 73,3 milhões de toneladas, seguida da Centro-Oeste (74,5 milhões de toneladas), Sudeste (19,5 milhões), Nordeste (13,1 milhões) e Norte (4,5 milhões). Comparando à safra passada, deverá haver aumento de 1,2% na Sudeste; de 5,2%, na Centro-Oeste; de 32,8%, na Sul; e de 10,4% na Nordeste. Na Região Norte, é estimado decréscimo de 4%.
Segundo o IBGE, o estado de Mato Grosso, lidera como maior produtor nacional de grãos, com participação de 23,2%, seguido pelo Paraná (20,8%) e Rio Grande do Sul (15,4%). Os três estados, somados, representam 59,4% do total nacional.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) também divulgou hoje, em Brasília, estimativa para a safra de grãos. A estatal prevê que devem ser colhidos 184,15 milhões de toneladas de grãos no ciclo 2012/2013. O volume é 10,8% maior do que o da safra anterior, quando 166,17 milhões de toneladas foram colhidas.
A diferença entre os dados divulgados pelo IBGE e pela Conab se deve aos períodos avaliados. O instituto analisa a colheita de janeiro a dezembro, enquanto a Conab se baseia no ano-safra, que vai de agosto a julho do ano seguinte.