Governador alerta que parlamentar não pode aumentar despesa

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 26/06/2012 às 15:25:00

"Seja lei complementar ou lei ordinária o parlamentar não pode fazer emenda que aumente despesas, e quem proíbe isso não é o governador,  é a Constituição da República desde 1988".  O aviso é de Marcelo Déda e se dirige à deputada Ana Lúcia, que já anunciou que vai apresentar emenda ao projeto de revisão salarial dos professores enviado à Assembléia Legislativa pelo Poder Executivo.
Embora o projeto trate apenas da revisão salarial anual,  a deputada disse que vai apresentar uma emenda para restabelecer a carreira única dos professores. Em dezembro do ano passado, a Assembleia aprovou projeto do governo que na prática divide a carreira do magistério, o quem tem provado o protesto do Sindicado dos Professores do Estado (Sintese).
"Estamos mandando o projeto do jeito que a deputada Ana Lucia e alguns deputados querem", disse Déda.  O reajuste, antes apresentado por meio de projeto de lei ordinária, agora chegou à Assembleia Legislativa através de projeto de lei complementar, como sugeriu a deputada Ana Lucia e os deputados Capitão Samuel e Augusto Bezerrra.
Perguntado se o comportamento da deputada Ana Lucia é um comportamento de deputado de oposição, Déda disse que sim, que seu comportamento reproduz o comportamento da oposição na Casa. "Nessa matéria a deputada Ana Lúcia não agiu como deputada da base. Agiu como uma deputada que aprova as teses da oposição".