Prevaleceu o pessoal

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Élio Martins, prefeito de Pirambu
Élio Martins, prefeito de Pirambu

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 14/06/2013 às 16:03:00

Não terminou na noite da última quarta-feira (12), a queda de braço entre os vereadores de oposição e a Prefeitura de Pirambu. O prefeito Élio Martins (PSC) vem tentando, há quase dois meses, retornar o percentual de 80% de remanejamento no orçamento municipal, que já havia sido aprovado na legislatura passada, mas que onze dias após o resultado das eleições, com a derrota do prefeito José Nilton (PMDB), esse índice foi reduzido pelo Legislativo para míseros 10%.

Com um orçamento aquém da realidade e impossibilitado de administrar por falta de dotação, Élio solicitou, inicialmente, os mesmos 80%, o que foi negado pelos vereadores de oposição, leia-se: Acácia, Badinho, Ninha , Geilza, Elze e Juarez de Deus. Agora, o prefeito detalha verba por verba do orçamento e pediu um remanejamento de 60%, mas num ato de puro rancor pessoal e de intenção clara de engessar a gestão, os cinco apresentaram emendas ao Projeto, mantendo em 30% o percentual máximo de remanejamento.

Elinho Martins não esconde sua preocupação com o posicionamento dos vereadores. "Esta semana, já havia comentado em programas de rádio sobre as dificuldades que teríamos com o projeto de lei que previa 60% de suplementação, imagine com 30%. Mas a questão não se trata de números, mas de garantir a dignidade do povo pirambuense, das pessoas que vivem em nossa cidade. Quando a oposição não cumpre sua palavra em público, ela não atinge, com a frieza que lhe cabe nessas horas, apenas a mim, mas massacra o povo, tira-lhe a esperança de ter uma cidade limpa, bem cuidada e com a prestação de serviços de qualidade nas áreas da saúde, educação, assistência social, obras e muitos outros benefícios", lamenta o prefeito.

O projeto ainda não foi votado, o que deve acontecer nas próximas sessões. Dificilmente o Executivo alcançará êxito nessa disputa nefasta e banhada a ódio e perseguição política. A intransigência demonstrada pelos vereadores da oposição supera qualquer tentativa de diálogo e de bom senso político. Dificilmente alguma coisa boa, produtiva poderá sair dessas mentes.

ESPORTE I
O senador Eduardo Amorim (PSC-SE) conseguiu a liberação de recursos para três Centros de Iniciação ao Esporte em Aracaju. Em audiência marcada com o chefe de gabinete do Ministério do Esporte, João Luiz Santos, o senador foi surpreendido com a presença do ministro, Aldo Rabelo, que de imediato disponibilizou os recursos.

ESPORTE II
A reivindicação dos Centros de Iniciação ao Esporte foi do prefeito, em exercício, José Carlos Machado (PSDB) e do secretário de Esporte e Lazer, Carlos Eloy. "Os Bairros Aeroporto, Bugio e Ponto Novo ganharão modernos Centros de Esporte equipados com ginásio poliesportivo, área de apoio, quadra externa, pista de atletismo dentre outros", informou Amorim. O senador disponibilizou a equipe dele para conceber atenção aos pleitos da Capital.
CONFERÊNCIA
A Prefeitura de Japaratuba vai realizar a 4ª Conferência Municipal do Meio Ambiente. A organização é feita pela Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca, e o evento vai tratar de um tema que tem sido destaque em muitas discussões: os resíduos sólidos. A Conferência ocorrerá na próxima quarta-feira, 19 de junho, no Clube Social Professora Rita de Cássia, das 8h às 17h.

DEBATENDO  
 
O Plano Plurianual do Município de Lagarto foi discutido com os moradores do Povoado Campo do Crioulo. O encontro aconteceu na Escola Municipal Antônio Francisco de Jesus e contou com a presença marcante da população. O Prefeito Lila Fraga, os secretários municipais e a comunidade, discutiram calçamento de ruas, recuperação da estrada que liga o Crioulo ao perímetro urbano e a adequação do posto médico, entre outras melhorias.