Blitz em Aracaju autua 42 motoristas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 26/06/2012 às 15:29:00

Com o objetivo de reduzir no mês de junho o número de acidentes de trânsito provocado pela associação entre álcool e direção, a Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran)  deu início no dia último dia 15 à Operação Lei Seca Junina.
De acordo com balanço parcial emitido pela Companhia, até o dia 24 de junho, foram confeccionados 277 autos de infração. As fiscalizações acontecem em dois pontos da capital: na avenida Ivo do Prado, próximo à Assembleia Legislativa, e na avenida Santos Dummont, próximo à praça de eventos da Orla de Atalaia.
Quinze policiais militares são escalados diariamente para o trabalho nas imediações do Forró Caju, cujas blitzes contam com o apoio de um micro-ônibus, quatro motocicletas e três carros. A fiscalização realizada na área do Arraiá do Povo conta com um efetivo diário de oito policiais militares e três viaturas.
Em dez dias de Operação Lei Seca Junina, 42 pessoas foram autuadas por dirigirem sob o efeito de álcool, sendo oito encaminhadas à delegacia por ultrapassar o índice de 0,33 mg/l. O caso de maior destaque foi registrado na noite de São João, 23, quando um condutor apresentou índice de teor alcoólico de 1,13mg/l, valor 11 vezes maior que o permitido em lei.
Foram recolhidas 61 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) e 64 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). Ainda foi registrada a remoção de 59 veículos para o galpão do Departamento Estadual de Trânsito de Sergipe (Detran/SE).
De acordo com o comandante da CPTran, capitão Fábio Machado, o resultado parcial da operação foi satisfatório. "Nós fazemos uma avaliação positiva desses primeiros dez dias de blitz. O aumento dos índices é apenas um reflexo da fiscalização que cresceu na mesma proporcionalidade. Já podemos observar a conscientização dos condutores. A maioria dos que são abordados apresenta índice de teor alcoólico zero ou dentro da tolerância. Isso prova que, cada vez mais, os condutores estão respeitando a legislação e se preocupando com a preservação da vida, que é o nosso bem maior", destaca Fábio Machado.

Rodovias - Já a PRF não realizou nenhum tipo de operação, no entanto, intensificou a fiscalização nas rodovias federais que cortam Sergipe. Desde a última sexta-feira, 22, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) atendeu a 14 acidentes nas BRs de Sergipe. Vinte e seis veículos se envolveram nos acidentes, uma pessoa morreu e outras nove ficaram feridas.
Foram fiscalizados 383 veículos dos quais seis foram retidos por irregularidades, duas CNHs foram apreendidas, 13 usuários das rodovias receberam auxílio das viaturas em ronda e dois adolescentes que conduziam ciclomotores foram apreendidos. Além disso, de um total de 179 multas de trânsito aplicadas, 34 foram por ultrapassagens indevidas.