Governo inicia pagamento de quase 4 mil beneficiários do Mão Amiga

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 04/07/2013 às 16:50:00

Os cortadores de cana-de-açúcar integrantes do programa de transferência de renda e estímulo à cidadania 'Mão Amiga', no município de Laranjeiras, receberam nesta quarta-feira, dia 3, a primeira parcela do benefício referente ao calendário 2013. Ao todo, o Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social (Seides), beneficiará cerca de 4 mil cortadores de cana durante os quatro meses de entressafra dessa cultura.
O pagamento da primeira parcela prossegue até esta sexta-feira, dia 5, e atenderá aos trabalhadores da cultura da cana dos municípios de Areia Branca, Laranjeiras, Riachuelo, Siriri, Nossa Senhora das Dores, Japoatã, Santana do São Francisco, Japaratuba, Neópolis, Muribeca, Malhada dos Bois, Pacatuba, Divina Pastora, Santa Rosa de Lima, Maruim, Rosário do Catete, São Francisco, Capela e Santa Luzia do Itanhi.
Somente em Laranjeiras são beneficiados 314 trabalhadores da cana. Desses, 102 ingressaram no programa este ano. "Analisamos a documentação de todos os beneficiários e em seguida entregamos uma nova senha e o cartão do banco aos novos beneficiários. O dinheiro poderá ser sacado em seguida nas agências e pontos Banese", explicou o técnico do departamento de Renda e Cidadania da Seides, Melquíades Freitas.
No dia do pagamento todos devem levar a CTPS, o CPF e o RG originais. Para aqueles que estão entrando no programa pela primeira vez, é necessário levar ainda a xérox do CPF e do RG para anexar à documentação de abertura de conta no Banese.
Ao destacar a importância do programa para os beneficiários de Laranjeiras, a secretária de Assistência Social do município, Onete da Mota Santos, relatou que esse auxílio é fundamental para os trabalhadores rurais. "Assim eles têm uma garantia de uma renda no período em que estão sem trabalhar. Já asseguram o pagamento de algumas contas", afirmou.
Criado em 2009, o programa de transferência de renda e geração de cidadania 'Mão Amiga' garante a subsistência dos trabalhadores rurais da laranja e da cana-de-açúcar nos períodos entre uma safra e outra, através da uma bolsa mensal de R$ 190 durante os meses de novembro a fevereiro para a cultura da laranja, e entre maio e agosto para a cana-de-açúcar.