Defesa Social divulga estatísticas da Guarda no 1º semestre

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 27/07/2013 às 03:07:00

O combate a roubos, furtos, porte de arma branca e tráfico de entorpecentes encabeçam os resultados estatísticos de atuação Guarda Municipal de Aracaju (GMA) durante o primeiro semestre de 2013. As ocorrências representam cerca de 60% dos flagrantes realizados pelos mais de 400 guardas distribuídos na capital, empenhados em cumprir a diretriz da Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec) que prevê o reestabelecimento e a manutenção da ordem nos espaços públicos do município.

Um total de 228 pessoas foram detidas durante o período, em que se registrou mais de 40 prisões por roubo/furto, 28 por posse indevida de arma branca, 25 por tráfico de drogas, cinco por dano ao patrimônio e três por tentativa de homicídio. Uma média de 38 pessoas foram detidas por mês, sendo que 34% do total das apreensões foram de adolescentes em conflito com a lei.
"Ao compararmos os 1º e 2º trimestres, percebemos um aumento percentual de 140% dos flagrantes registrados. O mês com maior número foi Junho com 49 ocorrências, sendo 20 provenientes do Forró Caju 2013", analisa o guarda municipal (GM) responsável pelas estatísticas Lidemarques Menezes. Ele destaca ainda a elevação dos flagrantes por porte de entorpecente e tráfico de drogas, que saltou de quatro, no 1º trimestre, para 25 no 2º trimestre.

A maior incidência dos flagrantes foi registrada no Centro de Aracaju, que concentrou 62% dos registros. Os casos foram mais recorrentes durante a noite, ocorrendo em vias e logradouros públicos, bem como em ônibus e terminais.

Apreensões - A GMA apreendeu 93 armas brancas, uma arma de fogo e mais de 480 unidades de entorpecentes como cocaína, crack e maconha, todos na forma avulsa. Somente em Junho, foram apreendidas 327 unidades de drogas, superando a soma dos cinco meses antecedentes. De acordo com o GM Lidemarques grande parte das apreensões ocorreram no Mercado Albano Franco e no Forró Caju.
No primeiro semestre, três veículos foram recuperados: duas motonetas e um carro de passeio.