Márcio tenta ampliar filiados do PT sergipano

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 06/08/2013 às 14:39:00

O deputado federal Márcio Macêdo (PT) realizou na noite do último sábado (3) a primeira plenária, de iniciativa do seu mandato, de formação para novos filiados ao Partido dos Trabalhadores, em Aracaju. Cerca de 250 pessoas participaram do evento, que contou com a presença de representantes da Direção Estadual, do Diretório Municipal e das tendências internas da legenda, além de lideranças populares.
"Esse é um momento muito especial para mim e para o nosso partido, de receber todos vocês oficialmente. Começa aqui hoje uma relação de amizade e companheirismo entre todos nós", afirmou o parlamentar, que em seu discurso defendeu o legado dos Governos Lula e Dilma no país e de Marcelo Déda em Sergipe.
"Esse momento que o Brasil está vivendo precisa muito da nossa atuação. É importante compreender o papel dos Governos do PT para este país. Com Lula e Dilma, 22 milhões de pessoas deixaram a pobreza e chegaram à classe média e 40 milhões de brasileiros foram retirados da miséria. Esse contingente de pessoas passou a ter mais dignidade. E é justamente por isso que os Governos do PT estão sofrendo o cerco de parte dos grandes meios de comunicação, das elites e dos partidos conservadores, que não se conformam com o sucesso de programas sociais, como o Bolsa Família e o Prouni", afirmou.

Márcio Macêdo ressaltou, no entanto, que existem ainda muitos desafios pela frente, principalmente nas áreas da Saúde, da Educação, do Transporte Coletivo e dos serviços públicos de um modo geral. O parlamentar também citou o esforço do Governo Federal no combate à inflação, no estímulo à economia e à geração de emprego.
"Esse é o PT. Temos que defender o nosso legado, para não deixar que as elites acabem com o nosso Governo, que é aquele que abraçou a visão de Lula, Dilma e Déda, de se voltar para os mais pobres. O PT é a ferramenta para que todos nós possamos enfrentar aqueles que sempre oprimiram o Brasil", disse.

Os novos filiados assistiram a um vídeo sobre formação política, da Fundação Perseu Abramo, para torná-los aptos a participar do Processo de Eleições Diretas (PED) do PT, que ocorre em novembro. "Sejam bem-vindos ao PT, o instrumento da classe trabalhadora. Coloco o meu mandato à disposição de todos vocês. Fui eleito pela generosidade da gente de Sergipe, pelo esforço da militância, pelo o que o nosso partido representa na sociedade e pela força dos amigos, por isso, trabalho dia e noite para honrar todos os sergipanos e todos os petistas", afirmou.

Até a próxima segunda-feira (12), o mandato de Márcio Macêdo dará prosseguimento ao ciclo de formação política, com plenárias diárias para novos filiados, tanto em Aracaju como no Interior do Estado.