Campanha dos Bancários de Sergipe é lançada no calçadão

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O lançamento da campanha foi no Calçadão da João Pessoa
O lançamento da campanha foi no Calçadão da João Pessoa

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 09/08/2013 às 02:31:00

Uma tenda com músico, bailarinas, palhaços e os 'Tambores dos Bancários' compôs um palco alegre e alternativo para o lançamento oficial da Campanha Salarial dos Bancários 2013/2014 na capital sergipana. Unificado nacionalmente, o mote da campanha é ousadia, unidade e mobilização.

O lançamento aconteceu na manhã desta quinta-feira, dia 08, em frente à agência central da Caixa Econômica Federal, localizada no Calçadão da Rua João Pessoa. O ato contou com a participação de representantes da Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB/SE) e da Federação dos Bancários Bahia/Sergipe (FEEB).

Como aula descontraída e pública, os dirigentes do Sindicato Bancários de Sergipe (SEEB/SE) falaram sobre os cinco eixos da pauta de reivindicação da campanha: reajuste de 11,93% (inflação projetada do período mais aumento real de 5%), elevação do piso salarial ao valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$ 2.860,21), defesa do emprego, fim da terceirização e combate às metas abusivas e ao assédio moral.

Os sindicalistas protestaram também contra o projeto de lei 4330, o PL da Terceirização, e democratizaram temas do mundo financeiro, que são escamoteados pela grande imprensa. Eles alternavam as falas com a cantoria do músico sergipano Giló. Os artistas do Grupo Caza da Imaginação perambulavam divertidamente no local abordando as pessoas que passavam.

O presidente do SEEB, José Souza, esclareceu a formação das altas taxas de juros e do superávit primário que segundo ele "arrancam a riqueza do povo para irrigar os cofres dos banqueiros das empresas financeiras".