3º Salão de Fotografia dá início às comemorações do Dia do Folclore

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 21/08/2013 às 03:01:00

Na noite de segunda-feira, 19, data em que é comemorado o Dia Mundial da Fotografia, a Galeria de Artes Álvaro Santos (GAAS), unidade da Secretária Especial de Cultura (SEC/Funcaju) abriu o 3° Salão de Fotografia. O evento, que prossegue até o dia 14 de setembro e este ano tem como tema "Sergipe, sua cultura, seu folclore", marca oficialmente o início das comemorações para o Dia do Folclore, celebrado em 22 de agosto. Dezenas de apreciadores da arte lotaram o espaço na noite de abertura, quando foram selecionadas as três melhores fotografias cujos autores receberam, pela primeira vez, premiações em dinheiro.

A exposição reúne 58 fotos previamente selecionadas por um júri, dentre 93 inscritas, construída a partir dos cliques de artistas profissionais e amadores. Os participantes tiveram um mês para inscrever até dois trabalhos no 3° Salão de Fotografia de Aracaju e concorrerem às premiações.
A secretária-adjunta da SEC/Funcaju, Aglaé Fontes, que é pesquisadora da cultura sergipana, ficou surpresa com a qualidade das fotos expostas. "O que vejo aqui é que o fotógrafo da nossa terra seja ele profissional ou amador tem um olhar magnífico para a nossa cultura", destacou.

Premiados - Das fotos, as três mais expressivas proporcionaram aos seus autores premiações em dinheiro. A: "Peleja Lambe - Sujo", do fotógrafo Alejandro Zambrana, ficou em primeiro lugar e levou a quantia de R$ 2,5 mil; a segunda posição ficou com "Pai Juá", de Luiz Arthur Guimarães, qu e recebeu R$ 2 mil; e a terceira obra mais expressiva foi "Levo a vida a sorrir", de Ana Patrícia Andrade, com premiação de R$ 1,5 mil.

Outras três fotos foram reconhecidas com menções honrosas: "Peleja - Caboclinho", também de Alejandro Zambrana; sem título, de Janaína Vasconcelos; e "Por que não me fitas?", de Edmara Silva.
O fotógrafo, que foi premiado com as duas fotos que inscreveu, levando o primeiro lugar e ainda uma menção de honra, Alejandro Zambrana, ficou surpreso com as premiações.  "Quando a gente se inscreve é lógico que pensa em ganhar, mas não espera muito que isso aconteça. Já fiquei muito feliz com a menção, imagine em ganhar também o primeiro lugar".

Já o segundo colocado, Luiz Arthur Guimarães, que acumula outra premiação, comentou que desde quando fez a foto, as pessoas já a olhavam de maneira diferenciada. O fotógrafo destacou ainda importância do Salão. ''É um evento que enriquece, não só a fotografia, mas também a cultura. Toda a equipe responsável por sua realização está de parabéns".
O 3° Salão de Fotografia permanece aberto a visitação na GAAS, localizada na Praça Olímpio Campos, de segunda a sexta, das 8h às 18h; e aos sábados, das 9h às 13h.