17 de Março: caçamba mata menina de oito anos

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 23/08/2013 às 02:15:00

A estudante Manuela da Silva Martins, de oito anos, morreu atropelada por volta das 12h de ontem na Avenida 4 do bairro 17 de Março (zona sul). Ela voltava da Escola Estadual Santos Dumont, onde estudava, e descia do ônibus escolar que a levava para casa, quando foi colhida por uma caçamba que, segundo testemunhas, passou pelo local em alta velocidade. A menina morreu na hora e o motorista seguiu em frente, sem parar para prestar socorro. O acidente aconteceu na presença do irmão da menina, que estuda na mesma escola.

O motorista da caçamba, que tem 35 anos, se apresentou horas depois na Delegacia Especial de Delitos de Trânsito (DEDT), onde prestou depoimento à delegada Daniela Lima Barreto. Ele alegou que não estava em alta velocidade, mas não conseguiu evitar o acidente, porque não viu o momento em que a menina atravessava a rua. A delegada deverá ouvir outras testemunhas do acidente já pediu a realização de uma perícia no veículo. O motorista do ônibus escolar também será ouvido, pois familiares da vítima o acusam de não estacionar em um local seguro para o desembarque dos estudantes.

Os moradores da Avenida 4 ficaram chocados e revoltados com o atropelamento, passando a reclamar da falta de quebra-molas e outras formas de sinalização na avenida. Eles reclamam que carros e caminhões costumam passar pela pista em alta velocidade, sobretudo aos finais de semana. A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) informou que uma equipe de técnicos irá hoje ao local para estudar a possibilidade de instalar a sinalização.