Sergipe vai ganhar novas indústrias e terá empreendimentos ampliados

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O secretário Saumíneo Nascimento
O secretário Saumíneo Nascimento

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 30/08/2013 às 02:43:00

O parque industrial de Sergipe vai ganhar novos empreendimentos e terá empresas ampliadas em sua capacidade de produção. Durante reunião mensal do Conselho de Desenvolvimento Industrial (CDI), realizada ontem foram anunciados investimentos de aproximadamente R$ 5,6 milhões. O valor é referente à soma de novas fábricas que tiveram projetos aprovados pelo Conselho e receberão incentivos fiscais e locacionais através do Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI), administrado pelo Governo de Sergipe, através da Companhia de Desenvolvimento Industrial de Sergipe (Codise). A previsão é de gerar mais 80 novos empregos para a população sergipana.

As novas indústrias são do setor alimentício, fabricação de embalagens plásticas, lavanderia industrial e beneficiamento de mármore e granito, e estarão localizadas nos municípios de Nossa Senhora do Socorro, Aquidabã e Carmópolis. Além dos novos empreendimentos, o CDI também aprovou processos de expansão produtiva de nove indústrias dos setores de alimentos e bebidas, móveis tubulares e têxtil, nos municípios de Estância, Itaporanga D'Ajuda, Nossa Senhora da Glória, Muribeca, Campo do Brito e Aracaju. Juntas essas indústrias geram atualmente 3.744 empregos diretos em Sergipe.
"Nossa expectativa é que tenhamos sempre mais projetos com geração de empregos e renda, para o desenvolvimento econômico e social de Sergipe, com o ingresso de novos projetos de investimentos do setor industrial local", disse o secretário Saumíneo Nascimento, do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), que também é vice-presidente do Conselho de Desenvolvimento Industrial (CDI).