João Alves recebe visita do senador Amorim

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O prefeito João Alves conversa com o senador Amorim
O prefeito João Alves conversa com o senador Amorim

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 03/09/2013 às 03:21:00

Na manhã desta segunda-feira, o prefeito João Alves Filho recebeu o senador Eduardo Amorim (PSC) em seu gabinete, onde discutiram assuntos relevantes ao município de Aracaju, mas com foco principal nas questões que envolvem a saúde da população.

Na visita de cortesia do senador Eduardo Amorim, ele destacou que o prefeito João Alves em sua gestão tem procurado atender as necessidades da população. "Desejo uma boa condução, administração e gestão ao prefeito, pois sei que os desafios são enormes e Aracaju precisa do seu trabalho e dedicação, e com fé em Deus teremos a resposta muito em breve para todas as questões. Desde a saúde à mobilidade urbana Dr. João conhece muito bem a nossa cidade e, além disso, nossa capital se transformou muito com a sua ajuda e atitudes", declarou Eduardo Amorim.

O senador destacou também que com apoio de João Alves levará a problemática de média e alta complexidade de Aracaju ao ministro da Saúde Alexandre Padilha, numa audiência que ocorrerá no dia 10 de setembro, em Brasília. Segundo Amorim, este é um grande problema do povo brasileiro.
"Eu tenho dito isso à presidente Dilma e ao ministro onde relatei que precisamos de mais investimento e em Aracaju não é diferente, principalmente na manutenção e custeio, por isso é preciso que se aponte uma solução. A responsabilidade não é só de um ente ou só do município, mas sim do Estado, e sobretudo do Governo Federal que é quem fica com grande parte do que se arrecada no país", concluiu.

O prefeito João Alves agradeceu a visita de Eduardo Amorim e revelou que pretende amenizar ao máximo essa grande problemática que afeta a maioria da população em geral. "Espero que junto com o senador, e os outros componentes da bancada, possamos conseguir algo positivo junto ao Governo Federal, isso será bom para todos", relatou João.