Família sertaneja com certeza

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
UMA FONTE INESGOTÁVEL DE LEMBRANÇAS AO RUFAR DOS TAMBORES DA TERRA VERMELHA
UMA FONTE INESGOTÁVEL DE LEMBRANÇAS AO RUFAR DOS TAMBORES DA TERRA VERMELHA

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 10/09/2013 às 02:52:00

 Ele fez uma modificação quase radical no seu nome, possivelmente atendendo imposições na numerologia, cosi... cosi. Assinava seus livros anteriores como Antônio Francisco de Jesus e agora, com o seu livro de memórias "Tambores da Terra Vermelha", mudou para Antônio FJ Saracura. Mudanças de nome à parte, o certo é que o escritor itabaianense dá contituidade às suas doce-amaras reminiscências de forma a que pensemos imediatamente como um ser humano que habita o homem sertanejo e que somente agora, de forma concreta e irreversível, começa a se desenhar na tela do tempo, através do último volume de uma trilogia cujo primeiro volume "O s Tabaréus do Sítio Saracura" ( seguido de "Meninos que não queriam ser padres", já delineava com traços fortes e imutáveis, a complementação do retrato. De corpo inteiro e sem disfarces inúteis.

Antônio FJ Saracura sabe como poucos, que nada se conclui em um mundo onde tudo se move. Por isso não creio que o ciclo se fechou com este "Tambores da Terra Vermelha", que é exatamente o fascínio de uma obra em constante processo de construção. Embora encontremos pessoas como uma mãezona sempre atarefada, incansável nos labores domésticos e que não dava descanso ao fogão de lenha desde o café da manhã ao jantar tipicamente nordestino e dos mais saborosos, ainda mais quanto tinha à mesa a deliciosa canjica de milho verde que todos ajudavam a fazer no reluzente tacho de cobre. E mais as figuras singulares de tia Carmosina, Antonio Venceslau, o comprador de ovos, Bernadete, a irmã mais nova do autor,  hiperativa e serelepe, a professora Sinhá Paciência, que "preparava o mundo para uma nova e maravilhosa criação. E tantos outros personagens que poderiam ser citados aqui se espaço maior houvesse.

Distanciado no tempo e no espaço, Saracura faz o caminho de volta  às origens sertanejas, servindo-se de tradições orais e de sua memória privilegiada. Vai alinhavando pacientemente, aqui e ali, fiapos de lembranças que possam recompor uma notável história de família.

Geléia Geral
.... A revista época, edição de 28.08.13, traz curiosa matéria com o jogador do Corinthians, Emerson Sheik, onde, a pretexto de provocar os preconceituosos, aparece dando aquele selinho básico no seu amigo íntimo, o chef Isaac Azar. A foto foi postada também na internet e um dos parceiros teria dito que "tem que ser muito valente para celebrar a amizade sem medo do que os preconceituosos vão dizer". Então, tá.... gracinhas!...

.... O ator Nelson Xavier incorporou de forma tão "mediúnica" o personagem do saudosos Chico Xavier duas vezes no cinema, a ponto de não ter se desligado, Daí que na novela global das seis, "Jóia Rara" ele vem de Chico Xavier fantasiado de guru budista. Sinistro!

.... Protagonizado por Alice Braga (sobrinha de Sônia Braga) e Daniel de Oliveira, "Latitudes" é o primeiro filme brasileiro concebido para ser exibido na TV e na internet. Episódios de 22 minutos fazem parte da grade do canal pago TNT. Poderá também vir a ser lançado nos cinemas em formato de longa-metragem.

Seca
"O rico usa a seca como tese / O poeta escreve e enfia / A faca nos culpados." - Araripe Coutinho ("Sal das Tempestades", 1ª Edição)