Deputados aprovam LDO e entram em recesso

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Assembléia Legislativa
Assembléia Legislativa

Presidente da Casa, deputada Angélica Guimarães (PSC)
Presidente da Casa, deputada Angélica Guimarães (PSC)

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 29/06/2012 às 11:55:00

Os deputados estaduais aprovaram na sessão de ontem, em terceira discussão e em redação final, as diretrizes para a elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) para o exercício de 2013. Com a aprovação da LDO, a presidente da Casa, deputada Angélica Guimarães (PSC), deu por encerrados os trabalhos legislativos do primeiro semestre, convocando uma nova sessão para o próximo dia 1º de agosto.

Além da LDO, os deputados também aprovaram o projeto do Poder Executivo que revisa em 5,02% a remuneração dos servidores públicos civis e militares, ativos e inativos, do Poder Executivo.
Foi aprovado também  do Poder Executivo o projeto de reajuste do subsídio dos procuradores do Estado, das autarquias e das fundações. O percentual é o mesmo: 5,02%.

Professores -  Ficou para agosto o projeto que  reajusta o vencimento básico dos professores em 6,5%. O líder da oposição, deputado Venâncio Fonseca (PP), havia pedido vistas do projeto, na Comissão de Administração e Serviços Públicos, e decidiu cumprir o prazo regimental de até três dias - que se encerra hoje - para devolver o projeto. Com o enceramento dos trabalhos ontem, o projeto só deverá ser votado após o recesso de julho.

A decisão do líder da oposição atendeu aos anseios dos dirigentes do Sintese (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Sergipe),que assim ganharam tempo para tentar  abrir um canal de negociação com o governo.

Atendendo  sugestão do deputado estadual Garibalde Mendonça (PMDB) , foi instalada uma comissão suprapartidária com o intuito de tentar negociar junto ao governo mais conquistas para o magistério. A comissão é  composta por 12 deputados, sendo seis da situação e seis da oposição.