Jackson estimula criação de Polo Logístico

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Empresários com o governador em exercício, Jackson Barreto
Empresários com o governador em exercício, Jackson Barreto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 08/10/2013 às 23:20:00

O governador Jackson Barreto recebeu ontem representantes de entidades do comércio sergipano que apresentaram a iniciativa da construção de um polo de distribuição logística em Sergipe, o que facilitaria as operações de distribuição, armazenamento e produção de mercadorias para abastecer a um mercado consumidor de aproximadamente 40 milhões de pessoas, num raio de 500 quilômetros de Sergipe, abrangendo Sergipe, Bahia, Alagoas e parte de Pernambuco. A ideia é que o Governo do Estado conceda o incentivo locacional (terreno) e as entidades e empresas privadas arquem com a construção do complexo. A reunião ocorreu no Palácio de Veraneio.

Estiveram com o governador o presidente da Federação do Comércio de Sergipe (Fecomércio), Hugo Lima França; o presidente da Associação dos Distribuidores e Atacadistas de Sergipe (Adas), José Eraldo Oliveira, além do empresário e membro da diretoria da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de produtos Industrializados (Abad), Juliano César Faria Souto.

Segundo Jackson Barreto, a intenção de potencializar essa vocação diante da posição estratégica do estado de Sergipe fora defendida na sua viagem à Espanha, quando a característica foi apresentada aos investidores internacionais. "O comércio atacadista gera hoje em Sergipe cerca de 15 mil empregos diretos e é o responsável pelo transporte e abastecimento de mercadorias para o pequeno e médio varejo no estado. Por nossa posição geográfica estratégica, poderíamos atender aos estados vizinhos, centralizando operações de distribuição e armazenamento de mercadorias através desse polo logístico", afirmou o governador ao explicar que o projeto encontra-se em análise na Companhia de Desenvolvimento Industrial de Sergipe (Codise), e sob a avaliação da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sedetec).

Região Agreste - Durante a reunião com os empresários, Jackson Barreto também expôs a sua visão de que este polo poderia situar-se numa área que já a apresenta uma grande vocação comercial, que é a região do município de Itabaiana, onde a pujança destas atividades já é característica. "Estamos avaliando terrenos nas imediações do Distrito Industrial de Itabaiana que possam sediar esse empreendimento que terá em seu conjunto fábricas, centrais de transporte, armazenagem, depósitos e centrais de entrega. As estimativas dão conta de que neste complexo poderiam ser gerados mais 500 empregos diretos", frisou o governador.
"Também se associa a isso outra grande obra deste Governo, já prevista no Proinveste, que é a ligação entre a BR-235 (acesso a Itabaiana) na altura do povoado Ribeira, com a BR-101 no município de Itaporanga. Para esta obra está previsto um investimento de 45 milhões de reais. Com esta pista, toda a região será beneficiada e as atividades comerciais e produtivas na região ganharão um novo incentivo", prevê o governador.

De acordo com o presidente da Fecomércio, Hugo França, o apoio do Governo do Estado é determinante para que esse projeto se concretize e o comércio atacadista sergipano ganhe um novo impulso. "O apoio do governador em exercício é muito importante para que possamos concretizar esse projeto que dará uma nova dinâmica na atividade comercial em Sergipe", salientou o empresário.