Aluna do Colégio Atheneu será a representante de Sergipe no projeto Jovem Senador

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Jéssica Horta estuda no Colégio Atheneu
Jéssica Horta estuda no Colégio Atheneu

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 15/10/2013 às 03:37:00

A estudante Jéssica Horta, que cursa a 3ª série do ensino médio no Colégio Estadual Atheneu Sergipense, representará Sergipe no Senado Federal. A estudante foi a grande vencedora da etapa estadual do concurso de redação Jovem Senador, que neste ano teve como tema "Buscar voz para ter vez: cidadania, democracia e participação". Ela tomará posse como senadora no dia 17 de novembro e permanecerá no cargo até o dia 19 do mesmo mês. Ao visitar o Senado Federal, a aluna da rede pública estadual conhecerá de perto toda a estrutura e funcionamento do Poder Legislativo no Brasil.
O Projeto Jovem Senador está em sua sexta edição, e cada ano é proposto um tema de redação como forma de ingresso. O projeto proporciona aos estudantes do ensino médio das escolas públicas estaduais e do Distrito Federal, de até 19 anos, a possibilidade de por três dias atuarem como senadores da República. Os trabalhos se iniciam com a posse dos jovens senadores e a eleição da mesa diretora, seguido das sessões em que os jovens parlamentares debatem, apresentam, discutem e votam os projetos apresentados, exatamente como fazem os senadores eleitos pelo povo. Os trabalhos são encerrados com a redação dos autógrafos, aprovação dos projetos e a publicação no Diário do Senado Federal.
Jéssica ficou muito feliz ao saber que seu texto foi vitorioso e contou como ficou sabendo do concurso. "A professora Alessandra divulgou na escola o projeto Jovem Senador e estimulou toda a classe a se inscrever. No começo tive receio, mas com apoio da professora segui em frente e fiz a inscrição. Pesquisei bastante e tive como base para o meu texto a canção Assum Preto, de Luiz Gonzaga, como forma de clamar ao povo a libertar através da voz a ave que está presa na gaiola", revelou a aluna, que pretende no futuro ser advogada.
Para a professora Alessandra Aragão, que foi orientadora dos alunos para o concurso de redação, essa conquista foi fruto do empenho e compromisso dos alunos do Atheneu. "Essa conquista foi o reconhecimento de um trabalho desenvolvido em sala de aula e que repercutirá em toda a escola. Faz com que o aluno da rede pública perceba seu potencial de escrever, perdendo o medo da caneta e do lápis, montando textos que refletem a vontade de fazer uma nação mais justa. Não tenho palavras para expressar minha felicidade", disse a professora.
Essa também foi a opinião do professor Genaldo Lima, diretor do Atheneu Sergipense. "Fico muito satisfeito com professores como Alessandra, que desde que passou a lecionar no Atheneu buscou incentivar o aluno a ler e escrever mais. Já a aluna Jéssica sempre foi participativa e atuante na escola, por isso não me espantei quando constatei que seu texto tinha sido aprovado. Quero frisar que tenho muito orgulho da equipe docente e discente do Atheneu, que é compromissada e consegue êxitos em todo tipo de concurso de que participa", salientou Genaldo.