Anunciados os 310 projetos que receberão recursos do PAC 2 para saneamento e pavimentação

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 25/10/2013 às 16:05:00

Danilo Macedo
Agência Brasil

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff anunciou ontem (24) os 310 projetos de saneamento e pavimentação que foram selecionados para receber R$ 13,5 bilhões em investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2). As obras vão beneficiar 1.198 municípios de todos os estados do país e o Distrito Federal.

De acordo com o governo, os projetos preveem a pavimentação de 7,5 mil quilômetros de vias e recapeamento e implantação de ciclovias, além de 15 mil quilômetros de calçadas, sinalização, acessibilidade e faixas de pedestres. Também serão aplicados recursos na construção de sistemas de drenagem de águas pluviais, redes de abastecimento de água e esgoto sanitário.

Durante cerimônia no Palácio do Planalto, a presidenta disse que o país está "muito aquém" no que diz respeito a saneamento. Segundo Dilma, o tratamento do esgoto e o acesso à água são essenciais, e seu governo já investiu R$ 39 bilhões na área. "Esgoto não é magnífico na sua aparência. Esgoto tem que ser bem tratado, coletado e tem que se traduzir em projetos técnicos de alta qualidade."

A presidenta reforçou que as ações seguem uma linha prioritária para seu governo, em busca de melhoria da qualidade de vida da população. "O Brasil precisa, simultaneamente, atacar várias áreas, mas tendo um foco. São várias áreas, do saneamento até o petróleo. Vai de médico até pavimentação. Mas o foco é que temos que garantir qualidade de vida, e isso significa serviços públicos e infraestrutura para a nossa população", ressaltou Dilma.