Consumidor menos otimista

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 03/07/2012 às 15:56:00

O otimismo do consumidor recuou 1,7% no mês passado, após aumento de 1,4% registrado em maio, de acordo com o Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (Inec), divulgado ontem pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Por outro lado, na comparação anual, o otimismo das pessoas cresceu 0,7% neste mês,sobre junho do ano passado.
Ainda segundo a pesquisa, quatro dos seis componentes do Inec registraram decréscimo, na comparação com o mês anterior. Em junho, a expectativa para os próximos seis meses sobre o desemprego foi a que mais caiu, 7,8%. Situação financeira (-3%), inflação (-1,5%) e compras de bens de maior valor (-0,2%) apresentaram reduções menores.
Na comparação com junho do ano passado, apenas as expectativa sobre o desemprego, situação financeira e endividamento apresentaram quedas, de 4,6%, 0,6% e 0,3%, nesta ordem. Por pontuação, os índices que obtiveram maior resultado em junho foram a expectativa do desemprego (124,6 pontos), expectativa de renda pessoal (113,7), expectativa de inflação (112,5).