Acusado de matar irmão do ex-deputado 'Gia' é preso

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Wagner Lima Carvalho É acusado pela morte de Carlos Antônio Cunha,  o \"Carlinhos\", irmão do ex-deputado Wilson Cunha
Wagner Lima Carvalho É acusado pela morte de Carlos Antônio Cunha, o \"Carlinhos\", irmão do ex-deputado Wilson Cunha

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 13/06/2012 às 10:39:00

 

Policiais civis da Delegacia Regional de Itabaiana, sob o comando do delegado Hilton Duarte, prenderam, na manhã de ontem, Wagner Lima Carvalho, 28 anos, acusado pela morte de Carlos Antônio Cunha, o "Carlinhos", irmão do ex-deputado federal Wilson Cunha, o "Gia". O cadáver foi encontrado em 21 de março deste ano, estava com marcas de vários disparos de arma de fogo e foi encontrado em um motel na saída da cidade. 
Com base no depoimento de uma testemunha que esteve com os envolvidos na casa da vitima, instantes antes, a polícia chegou a identificação de Wagner que logo após o crime fugiu de Itabaiana. Segundo a polícia, Wagner e um comparsa foram até a casa da vítima para encontrá-la. Depois acertaram para ir a um motel. "Sabendo que a vitima havia sacado um dinheiro no banco e que guardava um certo valor em casa, a dupla resolveu matá-la e para isso o atraiu até o motel com a falsa promessa de fazer um programa", explicou o delegado Hilton. 
Ainda segundo Hilton, os vestígios de Wagner ficaram no local do crime e foram detectados pelos peritos do Instituto de Criminalística. "Através de interceptação telefônica, autorizada pela justiça, e com o apoio da DIPOL conseguimos chegar a localização de Wagner, que foi preso em uma oficina mecânica no município de Areia Branca", destacou o delegado. Wagner estava morando em Nossa Senhora do Socorro e na sua residência, a polícia encontrou 14 pinos de cocaína. O flagrante foi lavrado e ele encontra-se custodiado na delegacia de Itabaiana à disposição da Justiça. O segundo envolvido no crime já foi identificado e está sendo procurado pela polícia. (da SSP)

Policiais civis da Delegacia Regional de Itabaiana, sob o comando do delegado Hilton Duarte, prenderam, na manhã de ontem, Wagner Lima Carvalho, 28 anos, acusado pela morte de Carlos Antônio Cunha, o "Carlinhos", irmão do ex-deputado federal Wilson Cunha, o "Gia".

O cadáver foi encontrado em 21 de março deste ano, estava com marcas de vários disparos de arma de fogo e foi encontrado em um motel na saída da cidade. Com base no depoimento de uma testemunha que esteve com os envolvidos na casa da vitima, instantes antes, a polícia chegou a identificação de Wagner que logo após o crime fugiu de Itabaiana. Segundo a polícia, Wagner e um comparsa foram até a casa da vítima para encontrá-la.

Depois acertaram para ir a um motel. "Sabendo que a vitima havia sacado um dinheiro no banco e que guardava um certo valor em casa, a dupla resolveu matá-la e para isso o atraiu até o motel com a falsa promessa de fazer um programa", explicou o delegado Hilton. Ainda segundo Hilton, os vestígios de Wagner ficaram no local do crime e foram detectados pelos peritos do Instituto de Criminalística.

"Através de interceptação telefônica, autorizada pela justiça, e com o apoio da DIPOL conseguimos chegar a localização de Wagner, que foi preso em uma oficina mecânica no município de Areia Branca", destacou o delegado. Wagner estava morando em Nossa Senhora do Socorro e na sua residência, a polícia encontrou 14 pinos de cocaína. O flagrante foi lavrado e ele encontra-se custodiado na delegacia de Itabaiana à disposição da Justiça. O segundo envolvido no crime já foi identificado e está sendo procurado pela polícia. (da SSP)