Saúde alerta para consumo de agrotóxico

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Rosana Barreto, da Covisa
Rosana Barreto, da Covisa

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 04/07/2012 às 15:03:00

Sociedade civil, produtores rurais e representantes dos poderes públicos federal, estadual e municipal de Itabaiana se reuniram ontem para discutir estratégias de redução do uso de agrotóxicos em Sergipe. O objetivo é, também, estimular o consumo e produção de alimentos orgânicos.
Durante a reunião, a Secretaria Estadual da Saúde, por meio da Coordenação de Vigilância Sanitária (Covisa), apresentou os resultados do Programa de Análises de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA).
De acordo com Rosana Barreto, gerente de alimentos da Covisa, foram analisados alimentos como pimentão, cenoura, beterraba, tomate, morango, couve, mamão, alface, pepino, repolho, manga, arroz e uva. "Nos alimentos analisados, foram encontrados agrotóxicos não autorizados e autorizados acima do limite permitido. É necessário que haja maior vigilância, sobre esses produtos quanto à entrada deles no Estado, pois a maioria não é produzida aqui, somente distribuída", disse Rosana Barreto.
O PARA é um programa do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS) e participam dele as 27 unidades da federação.
O PARA também estimula o acesso dos consumidores aos alimentos orgânicos, amplia a percepção do consumidor sobre a qualidade dos produtos orgânicos, conscientiza sobre a importância do consumo responsável para um desenvolvimento sustentável, fomenta a produção e o consumo nacional de produtos orgânicos.