Crescem opções de linhas de crédito

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 04/07/2012 às 15:25:00

Quem está querendo construir, reformar ou até decorar a casa, deve ficar atento às ofertas de financiamentos oferecidas por diversos bancos, cujas principais vantagens são as taxas de juros reduzidas em relação a outras modalidades e os prazos de pagamento que podem chegar a 120 meses. Os créditos chegam a até R$ 500 mil e podem ser pagos em 30 anos. As taxas variam entre 1,53 a 2,39% ao mês.
Caso a linha escolhida contar com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), as taxas podem chegar a 5% ao ano. Após passar por um período de teste de um ano, o Banco do Brasil passou a oferecer, desde abril passado, uma linha de crédito para a compra de material para a construção. Trata-se do BB crediário material de construção, um cartão que, além das opções débito e crédito, traz a opção crediário com um limite pré-aprovado.
O cartão pode ser usado em todos os estabelecimentos do ramo da construção e móveis que possuem terminais Cielo. O consumidor não precisa usar o limite pré-aprovado em uma única compra. O crediário pode ser pago em até 60 meses e as taxas variam de 1,60% a 1,98% ao mês. Quem também oferece algumas linhas de crédito para a construção e reforma da casa é a Caixa Econômica Federal.
Além das cartas de crédito oferecidas com recursos do FGTS, a instituição também oferece o cartão de crédito Construcard. De acordo com dados divulgados pela Caixa, só em 2011 foram mais de 363 mil contratos assinados. Até abril deste ano foram 80 mil. As taxas vão de 1,96% para clientes do banco a 2,35% para não clientes. O limite é analisado caso a caso. O cartão pode ser usado em estabelecimentos conveniados com o banco.
Os bancos Itaú e Santander também oferecem linhas de crédito para esta finalidade. No primeiro, é possível financiar material em até R$ 300 mil e pagar em 60 meses com taxas a partir de 2,39% ao mês. No banco Santander, que financia também a mão de obra usada para construir e reformar, além do material, o limite de financiamento é de até R$ 500 mil, o prazo é de 15 anos e a taxa é de 1,53% ao mês.