Política

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 13/06/2012 às 10:59:00

Pesquisa
A TV Atalaia divulgou ontem à noite pesquisa do instituto Única sobre a preferência do eleitorado para a prefeitura de Aracaju. A pesquisa ouviu mil eleitores dos 38 bairros e da Zona de Expansão de Aracaju no período de dois a quatro de junho e está registrada no TRE sob o número SE 00006/2012. A margem de erro é de 5% para mais ou para menos.

Números
Segundo a pesquisa, na espontânea Almeida Lima (PPS) tem 2,1%, Valadares Filho (PSB) 2,2%, Rogério Carvalho (PT) 3,5%, João Alves Filho (DEM) 32,7% e não sabem/não responderam 52,8. Na pesquisa estimulada - quando são apresentados os nomes - Almeida tem 8,3%, Valadares Filho 8,5%, Rogério 9,1%, João 53,4% e não sabem/não responderam 18%.

Rejeição
Ainda segundo a pesquisa Única/TV Atalaia, o nome de João Alves tem 12% de rejeição, Rogério 6,3%, Almeida 5,6%, Valadares 1,7% e não sabem/não responderam 51,6%.

Detalhe
Valadares e Rogério são pré-candidatos do bloco governista e apenas um deles deverá disputar a eleição, como voltou a afirmar ontem o governador Marcelo Déda, através do twitter. "Ainda não há candidato unificado. Valadares Filho e Rogério são pré-candidatos".

Valadares
Mas entre os aliados do governador Marcelo Déda parece não haver mais dúvidas de que o candidato a prefeito será mesmo o deputado federal Valadares Filho (PSB). Ontem, através de uma informação divulgada pelo blog do radialista Gilmar Carvalho, já se discutia o nome do candidato a vice-governador. Gilmar diz que o vereador Robson Viana, que trocou o PT pelo PMDB, já teria sido convidado.

Nega
Através do twitter, Déda rebateu a informação. "Encontrei-me ontem (segunda-feira) no aeroporto, embarcando para Brasília, com Robson, Valadares Filho, Pedrinho Valadares e Paulo Viana. Não tratamos de sucessão", disse o governador, que ontem almoçou em Brasília com Robson.

Apoio
Apesar de problemas em Recife e em Fortaleza, o PSB decidiu confirmar o apoio ao candidato do PT em São Paulo, Francisco Haddad. Segundo o jornal Folha de S.Paulo, o comunicado formalizando a aliança deve ser feito até amanhã pelo governador Eduardo Campos (PE) e o ex-ministro Roberto Amaral, principais dirigentes da sigla, a Lula, padrinho da candidatura de Haddad, e Rui Falcão, presidente nacional petista. A convenção que sacramentará a chapa liderada pelo ex-ministro da Educação está marcada para o dia 30.

Convenções
Até agora os partidos ainda não marcaram convenções partidárias em Aracaju. As convenções podem ser realizadas até o dia 30 de junho. O prazo inicial começou no último dia 10.

Agenda
O presidente do Conselho de Ética do Senado, Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), marcou ontem para a próxima segunda-feira (18) às 14h30 haverá a leitura e votação do relatório do senador Humberto Costa (PT-PE) com o parecer se houve quebra de decoro parlamentar por parte do senador Demóstenes Torres (ex-DEM)-GO) devido ao relacionamento com o bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Durante a reunião de ontem, que durou menos de uma hora, os integrantes do conselho rejeitaram novamente um pedido da defesa de Demóstenes Torres para que os áudios das gravações feitas por meio de grampos que citam o senador passassem por nova perícia.

Votação
A definição da data de votação do relatório final no conselho foi motivo de discussão na reunião. A defesa de Torres foi contra e teve apoio dos senadores Romero Jucá (PMDB-RR) e Jayme Campos (DEM-MT). Eles alegavam que o senador goiano poderia entrar com ação no Supremo Tribunal Federal por não terem respeitado o amplo direito dele de se defender. Já os advogados de Torres utilizaram o argumento de que, pelo regimento do Conselho, o relatório final deveria ser votado no prazo de 10 dias. No entanto, Valadares (presidente do Conselho), acompanhado pela maioria dos integrantes presentes, não concordou e entendeu que a votação pode ser entre o primeiro e o décimo dia após a leitura do relatório e que o pedido teria como objetivo retardar o andamento do julgamento político do caso e, assim, impedir que a votação em plenário por todos os senadores fosse feita antes do recesso do meio do ano.

Repasse
Os repasses federais para Sergipe se expandiram em maio último. O governo estadual recebeu no mês passado R$ 208,9 milhões referentes ao Fundo de Participação dos Estados (FPE), volume 11,8% maior ao repasse feito em abril (sem descontar a inflação). Na comparação com maio de 2011 o FPE registrou crescimento de 7,7%, em termos nominais. O valor do Fundo acumulado neste ano, de janeiro a maio, já acumulou R$ 942,9 milhões, sendo 8,7% maior que o mesmo período do ano anterior, também sem descontar a inflação.
 
Aumento
O Fundo de Participação dos Municípios (FPM) também registrou elevação em maio último. De acordo com levantamento do Boletim Sergipe Econômico Fies/UFS, o montante repassado para os municípios somou R$ 78,5 milhões, aumento de 11,8% em relação ao mês anterior.  Na comparação com maio do ano passado, o total do FPM foi 10,4% maior, sendo que na análise acumulada dos cinco primeiros meses deste ano, o aumento foi de 11,6%, em relação ao mesmo período de 2011 (variações em termos nominais). O valor acumulado do FPM, no corrente ano, já somou mais de R$ 350 milhões.

Fundeb
A transferência relativa ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), que compreende toda a educação básica, da creche ao ensino médio, atingiu R$ 52,2 milhões, representando avanço de 26,5%, comparado ao mês anterior. Sobre maio de 2011, houve aumento de 29,4%. No valor acumulado deste ano, o repasse do FUNDEB para Sergipe totalizou R$ 219,9 milhões, sendo 14,3% superior ao mesmo período do ano passado. Todas as variações são em termos nominais.

Cidadania
A Câmara Municipal de Aracaju concedeu, na manhã desta terça-feira, três títulos de Cidadania Aracajuana. Receberam a honraria a professora Ana Maria Fonseca Medica, a administradora Ione Marques Matos e o jornalista e radialista Rosalvo Nogueira. As proposituras para entrega das condecorações são de autoria do vereador e presidente da Casa, Emmanuel Nascimento, e dos vereadores Miriam Ribeiro e Chico Buchinho.