Vinte e quatro escolas da rede estadual ainda têm vagas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 07/02/2014 às 00:33:00

Kátia Azevedo
katiaazevedo@jornaldodiase.com.br

Apesar da grande procura, ainda existem vagas para matriculas nas escolas da rede estadual. De acordo com a Secretaria de Estado da Educação (Seed), o processo continua em algumas unidades de ensino. A assessoria de comunicação do órgão informou que um levantamento realizado até o dia 29 de janeiro aponta que 24 escolas da rede continuam com oferta de matriculas. Entre as unidades de ensino com vagas, estão os colégios Atheneu, Valnir Chagas, Marco Maciel e Dom Luciano.

A Seed iniciou as matrículas nas escolas da rede estadual em janeiro, com previsão de encerramento para o dia 1º de fevereiro, mas, em razão da continuidade de vagas, o calendário permanece aberto - e assim o será enquanto houver vagas, independente do cronograma estabelecido. "O objetivo da Seed é garantir vaga para toda a comunidade escolar", reforça Ofélia Onias, assessora de comunicação da Seed, salientando que as escolas estão preparadas para atender a demanda e que nenhum aluno ficará fora da escola por falta de vaga.

Ofélia lembra ainda que a repartição adota medidas para orientar os pais ou responsáveis pelos alunos, como forma de facilitar a realização das matrículas e evitar que longas filas se formem à porta das unidades de ensino. Ela ressalta que o Colégio Estadual Atheneu Sergipense, no São José (zona central), é um dos mais procurados, tanto por sua tradição como pela metodologia com tratamento curricular diferenciado de ensino integral, com horários de aulas das 7h às 15h50. Ontem, a unidade de ensino realizou matrículas de alunos egressos que já estudam na rede estadual, mas querem mudar de escola.

No Atheneu, foram distribuídas 250 senhas ontem para efetivação de matriculas de alunos que já estudam na rede. O colégio registrou grande movimento com a presença de pais e estudantes para garantir uma vaga. Hoje, as matriculas continuam na unidade de ensino para alunos que são de outras redes e que querem ingressar na escola. A Seed também oferece ônibus para fazer o transporte dos pais de alunos e garantir-lhes as matriculas nos colégios.
Para realizar a matrícula, o estudante deve apresentar um documento de identificação, que pode ser a identidade ou certidão de nascimento, e o documento de transferência ou declaração, caso esteja mudando de colégio. Assim como o Atheneu, o Colégio Dom Luciano, também no São José, adotou igualmente a distribuição de senhas, diante da grande procura.

Sobre o inicio do ano letivo de 2014, Ofélia informou que a Seed propôs três sugestões de calendários e que as escolas têm autonomia para adotar o mais adequado, desde que cumpram com o mínimo de 800 horas/aula e os 200 dias letivos, como determina a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB). Muitas escolas da rede ainda não terminaram o ano letivo de 2013.  De acordo com levantamento divulgado no mês passado pela Diretora de Educação de Aracaju (DEA), das 88 escolas em funcionamento na capital, 22 terminaram as aulas em dezembro; 31 com previsão para finalizar em janeiro; 23 em fevereiro; seis em março; três em abril e duas em maio, totalizando 87 escolas.