Domingo, 21 De Abril De 2024
       
**PUBLICIDADE


A seca no Nordeste


Avatar

Publicado em 04 de maio de 2013
Por Jornal Do Dia


A Câmara Federal realiza uma comissão geral na próxima quarta-feira (8), às 9h30, para discutir a seca na região Nordeste do País. Parlamentares, especialistas e representantes do governo federal vão avaliar medidas capazes de reduzir os impactos da estiagem na região, que só neste ano atinge 1.415 municípios, sendo 25 em Sergipe.

Considerada um problema crônico e de difícil solução, a falta de chuvas no sertão nordestino está associada a causas naturais, principalmente à baixa influência de massas de ar úmidas e frias vindas do Sul. No entanto, para o deputado Leonardo Gadelha (PSC-PB), que propôs a comissão geral, o poder público não pode continuar usando a imprevisibilidade do fenômeno como argumento para não agir preventivamente.

Segundo o deputado, já é possível prever a incidência de longos períodos de estiagem. Como exemplo, ele cita o estudo de um dos especialistas que deverá participar da comissão geral na próxima quarta-feira, o professor Luiz Carlos Molion, da Universidade Federal de Alagoas. "Esse estudo mostra a correlação do resfriamento das águas do Oceano Pacífico com a incidência de uma estiagem mais aguda no nordeste", explicou Gadelha. "Com esse convidado eu quero mostrar que nós já temos condições técnicas de prever, pelo menos com um ano de antecedência, a incidência de uma forte estiagem".

O deputado cita ainda outros pontos que poderiam contribuir para amenizar os efeitos da escassez de água que destrói lavouras, provoca a morte de animais e cria dificuldades para o homem, sobretudo o que vive do campo. "Para discutir a questão do crédito, eu sugeri que fosse convidado o presidente do Banco do Nordeste, Ari Joel Lanzarin", disse Gadelha.

Para o deputado Alexandre Toledo (PSDB-AL), a questão central nesse caso são as dívidas dos produtores rurais. "Com o ritmo em que estão sendo feitas as execuções no Nordeste, brevemente haverá apenas um grande latifúndio pertencente aos bancos", criticou.

Gadelha também sugeriu que fosse convidado o diretor do Instituto Nacional do Semiárido, Ignacio Hernán Salcedo, para falar sobre técnicas que já existem para melhorar a convivência do homem nordestino com a estiagem. Segundo o presidente do Centro de Estudos, deputado Inocêncio Oliveira (PR-PE), a ideia é levar para o debate propostas de ações concretas para ajudar a população a conviver com a seca que se repete com frequência na região.

O deputado Leonardo Gadelha sugeriu ainda o convite ao ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, para discutir quais ações estão sendo tomadas para assegurar que a região não sofrerá mais com déficit hídrico.
"Nesse caso, a principal solução é conclusão das obras de transposição do rio São Francisco e nós precisamos saber quando vamos poder contar com essa água da transposição", completou.
Outro ponto que deverá ser debatido é a execução orçamentária. Parlamentares que defendem ações emergenciais para atender os atingidos pela seca afirmam que nem sempre os recursos previstos no orçamento são efetivamente aplicados em prevenção e assistência às populações atingidas.

A iniciativa é válida, mas não deve dar em nada. A presidente Dilma Rousseff anuncia medidas de combate à seca, mas as ações ficam a desejar e o sertanejo continua a sofrer com a seca, que é um fenômeno climático que acontece todos os anos e já deveria ter ações concretas do governo para amenizar o grave problema. (Com Agência Câmara)

O quadro
As chuvas que estão caindo nos últimos 15 dias em Sergipe não são suficientes para acabar com os problemas da seca no Estado, que é a pior dos últimos 50 anos. Segundo o meteorologista da Semarh, Overland Amaral, as chuvas que estão caindo e deixando o sertão verde representam uma "seca verde", ou seja, quando parar de chover a seca voltará com tudo.
 
Ponto de vista 1
Na concepção do senador Eduardo Amorim (PSC), para amortizar a questão da seca no nordeste é necessário relacionar o problema como prioridade. "Não é novidade a seca causticante que passamos a cada ano. Precisamos ter uma solução definitiva, por isso a luta pelo Canal de Xingó", afirma, enfatizando que "se tem luz para todos, deve ter água para todos!"
Ponto de vista 2
Ainda segundo o senador, muitas problemáticas que nos rodeiam podem ser solucionadas. "Nossa geografia e o nosso povo nos permite. Para tanto, é preciso ter projetos, ideias, força de vontade, ir a Brasília, falar das dificuldades, enfim, lutar!", avalia.
Visita
Revela Amorim que o presidente da Codevasf, Elmo Vaz, estará na próxima segunda-feira em Sergipe. "Vamos bem cedo de Aracaju para Propriá, para que ele tenha uma visão ampla sobre a realidade dos parceleiros do Baixo São Francisco. Estamos numa expectativa muito boa!", frisou.

Proinveste 1
Na manhã de ontem o governador Marcelo Déda (PT) recebeu a visita da presidente da Assembleia Legislativa, deputada estadual Angélica Guimarães e do líder e vice-líder da oposição na Casa, os deputados Venâncio Fonseca (PP) e Augusto Bezerra (DEM). Eles foram dizer que o projeto já tramitou em todas as comissões temáticas da Casa e será votado em plenário na próxima terça-feira.

Proinveste 2
Os parlamentares da oposição comunicaram ao governador que após a aprovação do projeto os deputados iriam ao Palácio levar o projeto para ele sancionar. Déda disse que na data estaria em São Paulo para mais uma sessão de quimioterapia no Hospital Sírio Libanês.

Proinveste 3
Ficou pré-agendado que os deputados levariam o Proinveste para ele sancionar na segunda-feira, dia 13 de maio. Déda disse que convidaria o prefeito João Alves (DEM) e o senador Eduardo Amorim (PSC) para o ato, por considerá-los importantes na aprovação do Proinveste, que no ano passado tinha sido rejeitado na Assembleia pela oposição, que tem hoje maioria na Casa.

Proinveste 4
O governador Déda espera, com a aprovação do Proinveste na terça-feira, dar entrada nos próximos 15 dias na documentação em Brasília. Disse que a expectativa é de que até o mês de junho já tenha esse contrato assinado para deflagrar os investimentos que estão previstos no seu plano de trabalho. Para Augusto Bezerra, a conversa com o governador Déda foi muito boa. Disse acreditar que na terça-feira o Proinveste será aprovado por unanimidade. Revelou que ele só não foi votado em plenário na última quinta-feira por falta de quorum de deputados da situação e oposição.

Será?
Um aliado do prefeito João Alves disse à coluna que ele não deverá ser candidato a governador em 2014, em razão da senadora Maria do Carmo Alves (DEM) ter pretensões de disputar a reeleição. Avalia que é melhor João Alves permanecer prefeito e disputar a reeleição em 2016, permanecendo, assim, gestor da capital por oito anos.

Com servidores
João Alves se reuniu ontem à tarde com o Movimento Intersindical, que pleiteia um reajuste salarial superior aos 5% concedidos. O gestor explicou a crise financeira da Prefeitura de Aracaju e disse que a situação atual não é favorável para aumento salarial.  Revelou que o estudo feito só permitiu aumento de 5%, percentual igual ao que o Governo Federal deu para os servidores.

Dados
Nos quatro primeiros meses de 2013, o Huse, referência nos casos de urgência e emergência de alta complexidade no Estado, realizou mais de 2.700 atendimentos às vítimas de acidentes de moto. No mesmo período do ano passado foram atendidas 2.100 vítimas, uma estatística alarmante que mostra o quanto a violência no trânsito envolvendo moto não para de crescer. Na maioria das vezes, a vítima é jovem, do sexo masculino e com idade de até 30 anos. Tem muitos menores nessa estatística.

Veja essa…
Do líder da oposição Venâncio Fonseca, ontem, sobre o Proinveste: "Muitos ficaram tristes com a declaração de agradecimento do governador Marcelo Déda a aprovação do Proinveste". Déda agradeceu a Angélica, Venâncio, Amorim, João Alves e a bancada aliada.

Curtas
No final da manhã de ontem, o governador Déda recebeu em audiência executivos da empresa Gen Power, que atua no ramo de produção de energia através de usinas termelétricas no Nordeste e em outras regiões do país.

Os empresários apresentaram ao governador uma iniciativa que vislumbra a possibilidade de construir uma usina termelétrica a gás natural em Sergipe.
Vários políticos foram ontem a Poço Verde acompanhar a procissão em homenagem a Santa Cruz. Entre eles o vice-governador Jackson Barreto, o senador Amorim e o deputado Augusto Bezerra.

O senador Valadares e o deputado federal Valadares Filho foram ontem a Ribeirópolis, Campo do Brito e também Poço Verde, onde participaram da procissão.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE