Segunda, 15 De Abril De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Aracaju é a 2ª capital do país que mais ampliou investimentos em 2023


Avatar

Publicado em 28 de março de 2024
Por Jornal Do Dia Se


No cenário econômico do Brasil, Aracaju volta a se destacar como exemplo de eficiência fiscal e visão estratégica. De acordo com levantamento nacional publicado pelo jornal Valor Econômico nesta quarta-feira (27), a capital sergipana registrou um aumento de 132,7% nos investimentos realizados em 2023, no comparativo com 2022, tornando-se a segunda capital do país que mais investiu no ano passado.
Esse crescimento substancial no volume de investimentos é resultado direto da gestão fiscal organizada e responsável implementada pela Prefeitura de Aracaju nos últimos sete anos, como destaca o prefeito Edvaldo Nogueira ao ressaltar que esse trabalho possibilitou a recuperação da confiança dos organismos financeiros, tanto nacionais quanto internacionais, na capacidade de pagamento do município.
“Esse resultado é fruto do compromisso que temos com as finanças do município, desde que assumimos a gestão da cidade, em 2017. Naquela época, estávamos com uma dívida pública de R$ 540 milhões e agora alcançamos este índice de investimentos que é destaque nacional. Como mostram os números, tudo isso é fruto do trabalho realizado ao longo dos anos, da busca por investimentos junto a instituições financeiras e da aplicação desses recursos em obras que impulsionam o progresso da cidade. Hoje, Aracaju vive seu melhor momento no que diz respeito aos investimentos em grandes obras de infraestrutura que modernizam a cidade e que colocam a população no rumo de um futuro promissor. Por isso, a previsão para este ano é de que esses investimentos sejam ainda maiores, atingindo um novo recorde”, pontua o prefeito Edvaldo.
De acordo com informações solicitadas pelo Valor Econômico ao portal Compara Brasil, que analisa dados dos relatórios fiscais entregues pelas prefeituras à Secretaria do Tesouro Nacional (STN), Aracaju se destacou principalmente pela sua capacidade de ampliar os investimentos de forma consistente. Os números, de acordo com o secretário municipal da Fazenda, Jeferson Passos, revelam que 60% dos investimentos realizados em 2023 foram financiados por operações de crédito, enquanto o restante foi coberto por superávits anteriores em caixa e recursos do próprio exercício financeiro.
Jeferson enfatiza ainda que houve um aumento significativo na velocidade de elaboração e execução de projetos de investimento nos últimos anos. Em 2023, relembra o secretário, a Prefeitura de Aracaju destinou cerca de R$ 409,9 milhões para investimentos, um salto considerável em comparação com os R$ 176,2 milhões investidos em 2022 e os R$ 136,2 milhões, em 2019. E para este ano, enfatiza ele, a expectativa é de um novo recorde, com aproximadamente R$ 500 milhões em investimentos previstos.
Além disso, Jeferson destaca o baixo endividamento do Município, que corresponde a apenas 30% da Receita Corrente Líquida (RCL). Essa saúde financeira sólida, afirma o secretário, tem permitido que os investimentos em infraestrutura impulsionem a arrecadação própria, gerando benefícios imediatos e atraindo mais negócios para a região.
“Os investimentos em infraestrutura beneficiam a arrecadação própria. Alavancam o IPTU [cobrado sobre propriedade de imóveis urbanos] e ITBI [sobre venda de imóveis] de imediato, com a valorização de imóveis, e ajudam a atrair mais turistas e negócios privados”, afirma o secretário.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade