Domingo, 16 De Junho De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Casal é sequestrado no Luzia e abandonado na Piabeta


Publicado em 16 de junho de 2012
Por Jornal Do Dia


Um casal de namorados viveu horas de terror na noite de anteontem, quando foi sequestrado por dois bandidos armados e mantido refém por cerca de quatro horas. Os criminosos exigiram que a garota, uma estudante universitária não-identificada, ligasse para seus pais e pedisse uma quantia em dinheiro para ser libertada pelos bandidos. Ela e o namorado, também estudante, foram capturados por volta das 22h30 no bairro Luzia (zona sul de Aracaju) e encontrados às 2h de ontem em um barraco no loteamento Piabeta, em Nossa Senhora do Socorro (Grande Aracaju). Segundo queixa registrada a Delegacia Plantonista (Centro), houve pagamento de R$ 2 mil em dinheiro como resgate.
O casal voltava de uma faculdade, onde ambos fazem o curso de Enfermagem, e estava chegando à casa da garota, a bordo de um Ford Fiesta pertencente ao rapaz. Os bandidos chegaram armados de revólver e entraram no carro, obrigando o estudante a ir para o banco de trás com um dos criminosos. O outro assumiu a direção do veículo e seguiu em alta velocidade até o barraco na Piabeta. Durante o trajeto, a dupla ameaçou matar o casal e exigiu dinheiro. Ao falar que não tinha nenhum dinheiro, uma das vítimas disse que poderia pedir a seus pais, o que fez um dos bandidos exigir que ela ligasse para sua casa.
Na ligação, a garota avisava à sua mãe que estava sendo sequestrada e pediu ajuda. Foi quando o bandido tomou o telefone e pediu que fossem pagos, em um prazo de 20 minutos, R$ 2.500 como resgate para libertar a estudante e o namorado. A mãe dela argumentou que não tinha essa quantia e prometeu dar R$ 2 mil. O marginal aceitou e mandou que a senhora idosa levasse o dinheiro até um posto de combustíveis no bairro Veneza (zona oeste), próximo à BR-235. A mãe da refém cumpriu o combinado e, ao chegar no posto, foi obrigada a entrar no carro do bandido que conversara com ela. Este, por sua vez, levou a vítima até o barraco na Piabeta, onde o casal ficou na companhia do outro sequestrador.
Segundo as vítimas, os dois pegaram o dinheiro, devolveram o carro e fugiram em uma moto, levando roupas, documentos e celulares dos estudantes. A Polícia Militar chegou a ser avisada do sequestro, mas os bandidos ameaçaram matar os reféns caso alguma viatura aparecesse no local. As três vítimas passam bem, mas ainda estão traumatizadas pelo sequestro. O crime deve ser investigado pelo Centro de Operações Policiais Especiais (Cope).

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade