Sexta, 21 De Janeiro De 2022
**PUBLICIDADE
Publicidade

Back to the future


Avatar

Publicado em 30 de dezembro de 2021
Por Jornal Do Dia Se


O violão de sete cordas virado pelo avesso.

Rian Santos
riansantos@jornaldodiase.com.br

Culpado. Mil vezes culpado. Este quevos escreve, leitor piedoso, é um jornalista em falta com tudo o que há de mais sagrado no mundo. Na hora mais escura, quando nem um fio de esperança foi capaz de se insinuar por baixo da porta, os noturnos de Chopin escancararam todas as janelas de minha casa, como um sopro de serenidade. E, no entanto, eu confesso, estive farto de tanto opinar sobre músicas e canções.
Talvez a ingratidão seja mesmo da natureza dos homens, como dizem os filósofos doentes, gente sem alegria na vida. Talvez o pecado seja apenas meu. Mas ante o presente da música, um regalo sem forma, vibração apenas, as palavras me escapam. Do muito que li sobre o assunto, o quase nada que sei é puro espanto. Só com algum esforço para esconder a vergonha na cara sou capaz de arriscar uma impressão.
Por sorte, a música prescinde da língua ferina de falsas polêmicas e dos julgamentos encomendados – a opinião sem sal dos blogs especializados no tema. Em determinado momento, um tambor ecoa no espaço, com força suficiente para virar memória. Eis tudo. O resto é só afetação.
Isso posto, anuncio três discos a serem lançados no ano da graça de 2022 que, desde já, merecem atenção. O sete cordas Ricardo Vieira promete virar o instrumento pelo avesso, sem nenhuma consideração pelas fórmulas já experimentadas, em álbum inédito. Pedrinho Mendonça deve lançar o trabalho autoral apresentado primeiro de corpo presente, no palco do Teatro João Costa, batizado ‘Auêto’. Kléber Melo vai chegar chegando, com um punhado de canções embaladas por tambores e cordas de acento macumbeiro.
Eis a minha retrospectiva. ‘Back to the future’. Ao fim do ano, por via de regra, os jornalistas profissionais consultam os arquivos dos periódicos, como quem pesa as perdas e os ganhos de um ano moribundo, agonizante. Todo errado, eu toco pra frente.

**PUBLICIDADE
Publicidade


Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE
Publicidade


**PUBLICIDADE
Publicidade