Terça, 16 De Agosto De 2022
**PUBLICIDADE


A vaga de conselheiro


Avatar

Publicado em 10 de agosto de 2012
Por Jornal Do Dia


Está próximo de ser realizada a eleição para escolha do novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, cujo prazo para apresentação de requerimento com o nome dos pretensos candidatos subscritos por no mínimo oito deputados encerra no dia 14 de setembro deste ano. Até o momento, apenas fez a inscrição o secretário da Educação e ex-deputado estadual Belivaldo Chagas.

Deverá concorrer com Belivaldo, que antes do rompimento tinha documento assinado pelos 24 deputados estaduais apoiando seu nome, a deputada estadual Susana Azevedo (PSC). Susana já tem as assinaturas necessárias para apresentar requerimento com a indicação do seu nome para o cargo.

A escolha do novo conselheiro do TCE será o primeiro grande confronto político entre o governador Marcelo Déda (PT) e os irmãos Amorim, após o rompimento da aliança ocorrido no final de fevereiro deste ano em razão da antecipação em um ano da eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa para o biênio 2013/2014.

O candidato de Déda é o seu secretário Belivaldo Chagas e o dos Amorim é Susana. Após o rompimento político, o governador, que contava com uma bancada de 19 deputados,  passou a dispor de nove. Ao recompor sua base aliada na Assembleia, ficou com uma maioria simples de 13 deputados.

Além dos nove deputados da sua base, Déda buscou entendimento com Adelson Barreto (PSB), Zé Franco (PDT), Paulinho da Varzinha (PTdoB) e Arnaldo Bispo (DEM). Tentou o apoio da deputada Goretti Reis (DEM), mas ela preferiu permanecer na oposição.

O problema é que três dos quatro deputados que buscou novo entendimento – Adelson, Franco e Varzinha – continuam muito vinculados politicamente ao senador Eduardo Amorim (PSC) e ao presidente do PTB, Edvan Amorim. Sem falar que Adelson Barreto está querendo deixar o PSB, do senador Valadares, ainda chateado com o critério de escolha do candidato a prefeito do seu partido: Valadares Filho.

Trocando em miúdos, o governador não tem hoje uma maioria sólida no Legislativo Estadual. Além disso, se em dia de votação polêmica algum parlamentar da sua base não comparecer à sessão por alguma razão haverá dificuldade de aprovação de qualquer projeto. Como na eleição da Mesa Diretora da Assembleia,  pode acontecer surpresa na eleição de conselheiro do Tribunal de Contas. Ela pode ser marcada e realizada em um dia que o governo não tenha a maioria na Assembleia.

Sinais de que manobras desse tipo podem acontecer foram dados desde fevereiro quando o presidente do TCE Carlos Alberto mandou ofício à Assembleia comunicando a vacância do cargo de conselheiro com a aposentadoria compulsória de Isabel Nabuco e a presidente da Assembleia Angélica Guimarães (PSC) engavetou o documento. Tempos depois determinou a leitura em plenário e anunciou que só deflagraria o processo em setembro deste ano, ou seja, sete meses após o surgimento da vaga.

Sem falar na forma como foi feita a eleição da Mesa Diretora da Assembleia: sem que o governo esperasse, o processo de eleição foi aberto um ano antes do tempo normal e dado prazo de uma hora para inscrição de chapa e a votação.
Resta saber quem levará a melhor no processo conturbado de escolha da "velha" vaga de conselheiro do TCE, que vai durar uma gestação …

Empenhando
a palavra
A presidente da Assembleia Legislativa, deputada Angélica Guimarães (PSC), tem assegurado que não haverá nenhuma antecipação da eleição para escolha do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE).  Garante que o prazo de inscrição vence dia 14 de setembro e que não realizará a eleição a qualquer momento.
Pesquisa
O JORNAL DO DIA publica na edição de domingo pesquisa que está sendo feita em Aracaju pela Empresa de Pesquisas Técnicas Ltda. A pesquisa foi registrada no TSE.

Albano 1
Como superintendente da TV Sergipe há cerca de oito meses, o ex-governador Albano Franco afirma que não pode se envolver na campanha eleitoral deste ano. Mas ao ser questionado pela coluna qual o seu voto pessoal para prefeito de Aracaju, após grande relutância, Albano respondeu: "Voto no Tonhão", se referindo a Valadares Filho. Não precisa adivinhar que para vereador o seu candidato é Miriam Ribeiro (PSD).

Albano 2
Ainda sem partido político desde que deixou o PSDB, Albano Franco revela que não tem pressa em nova filiação partidária. Ao ser questionado se pretende disputar mandato eletivo em 2014, o ex-governador deu a mesma resposta de sempre: "O futuro a Deus pertence".

Albano 3
Ontem à tarde Albano foi ao Palácio dos Despachos convidar oficialmente o governador Marcelo Déda para fazer a abertura de um evento que será promovido pelo Instituto Augusto Franco, no próximo dia 4 de setembro, data em que se comemorará o centenário do seu pai, o também ex-governador Augusto Franco.  Déda disse que aceitaria o convite com muita honra, pelo fato do evento "celebrar o centenário de um homem que, na vida empresarial e política, escreveu importantes capítulos da história sergipana".

Albano 4
Na oportunidade, Albano Franco também convidou Déda para fazer uma visita à fábrica da Sabe Alimentos, mais uma empresa do grupo da sua família fundada recentemente e situada no município de Muribeca. A empresa produz derivados de leite e já emprega cerca de 200 funcionários.

Coordenador
O DEM tenta, a todo custo, acabar com a imagem de que o deputado estadual capitão Samuel (PSL) não vota no candidato João Alves Filho após o jornalista Gilvan Manoel ter divulgado em sua coluna que, em reunião no CFAP, o parlamentar tinha pedido voto de vereador para o sargento Vieira e dito que não votaria em João Alves.  Após essa informação, o DEM passou a divulgar imagens dele em carreata com o candidato demista e ontem o próprio Samuel divulgou a informação de que foi nomeado coordenador geral da campanha de João e Machado (PSDB).

Curiosidade
Uma curiosidade nesta eleição municipal. Seis candidatos a prefeito registraram seu nome se referindo a "farmácia". São eles: Naldinho da Farmácia (PR/Canhoba), Ednaldo da Farmácia (PSC/Canindé do São Francisco), Klecinho de Farmacinha (PP/Itabaianinha), Geraldo da Farmácia (PT/Monte Alegre), Jeane da Farmácia (PSC/Nossa Senhora Aparecida) e Manoel da Farmácia (DEM/Poço Redondo).

Satisfação
Em São Cristóvão, o candidato a prefeito Armando Batalha (PSB) está rindo à toa com o resultado de uma pesquisa de intenção de voto que acabou de sair do forno e foi feita para consumo interno. O município tem cinco candidatos a prefeito.

Apoio
O deputado federal Márcio Macêdo (PT) realiza hoje, às 17h, um ato de mobilização e apoio à campanha do candidato a prefeito de Aracaju Valadares Filho (PSB) e a vice Conceição Vieira (PT). O ato ocorrerá na Associação de Moradores do Conjunto Beira Rio, localizada na Avenida Tancredo Neves.

Veja essa…
O deputado estadual Raimundo Vieira (PSL), o "Mundinho da Comase", surpreendeu ontem com o seu discurso na Assembleia de agradecimento ao governador após ter feito a opção de ficar com os Amorim no episódio da eleição antecipada da Mesa Diretora da Assembleia. Começou o discurso dizendo: "Independente das questões políticas agradeço ao governador Marcelo Déda pelos compromissos assumidos e cumpridos no município de Itabaianinha".

… e essa …
Concluiu Mundinho, que não é muito de usar a tribuna da Assembleia: "É assim que eu entendo política. As divergências políticas não podem ser superiores aos interesses e necessidades da população. Temos que fazer da política um instrumento para servir ao povo. É assim que eu me comporto e que entendo que deve ser. Agradeço ao governador, em nome do povo de Itabaianinha e do povoado Ilha, pelos serviços realizados e por mais qualidade de vida para a população".

Curtas
O candidato Valadares Filho é o único que tem agenda cheia todos os dias de campanha. Ontem, ao meio-dia, participou de reunião almoço com lojistas na Câmara de Diretores Lojistas (CDL). Às 17h fez panfletagem na Av. Rio de Janeiro com Av. Saneamento e às 18h30 caminhada na Coroa do Meio.

Quem também tem gastado muita sola de sapato é o candidato Almeida Lima (PPS), ao fazer panfletagens e caminhadas quase que diariamente. Ontem, ele apenas conversou com internautas à noite e respondeu algumas questões através do www.almeidalima23.com.br.

O candidato a prefeito do PV, Reynaldo Nunes, como na maioria dos dias, não teve nenhum ato de campanha ontem. Participou apenas de reunião do Diretório Municipal.

A candidata Vera Lúcia (PSTU) participou nessa quinta-feira, às 8h, de ato dos servidores públicos federais em greve. Às 16h30, concedeu entrevista à Rádio Cultura AM, programa Giro da Notícia, e às 20h foi a entrevistada no Cabaré da Quinta.

Tirando Reynaldo Nunes, o candidato a prefeito de Aracaju João Alves é o que participa menos da campanha eleitoral. Está sempre viajando a São Paulo durante a semana e não vem concedendo entrevistas à imprensa. Deve realmente achar que já está eleito.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE