Segunda, 15 De Abril De 2024
       
**PUBLICIDADE


Composições no governo


Avatar

Publicado em 11 de maio de 2013
Por Jornal Do Dia


A chapa majoritária natural nas eleições de 2014 da situação é o vice-governador Jackson Barreto (PMDB) candidato a governador e o governador Marcelo Déda (PT) candidato ao Senado. A indicação do vice-governador seria por entendimentos políticos entre os aliados, sendo o nome mais forte o do deputado federal Valadares Filho (PSB).

Mas, pelo andar da carruagem, o governador Déda pode não ir para uma campanha majoritária por conta do seu problema de saúde. Ele pode até disputar mandato de deputado federal e reforçar a bancada governista em Brasília, por ter condições de ser o campeão de votos, ou querer concluir o seu governo.

O indício maior de que pode não disputar o Senado em 2014 vem do próprio PT. É que essa semana o secretário Silvio Santos (Casa Civil) declarou que é candidato a deputado estadual em 2014 e não faria isso com Déda sendo candidato a senador. Como secretário da Casa Civil, Silvio teria que coordenar a campanha de Déda e, consequentemente, não ser candidato.

Um coordenador de campanha majoritária não pode ser candidato. Tem de fechar acordos políticos com deputados e demais candidatos. A sua candidatura inviabilizaria o projeto maior, pois como chegar para um candidato para a mesma vaga que disputa e pedir votos para terceiros?
Mesmo sem confirmar, o próprio presidente estadual do PT, o deputado federal Rogério Carvalho, trabalha sua candidatura ao Senado na possibilidade de Marcelo Déda não vir a ser candidato a senador. Ele já conversa com alguns prefeitos do interior sobre essa possibilidade.

Segundo um prefeito da base aliada do governo, Rogério já colocou que se ele for candidato a senador em uma eventual possibilidade de Déda não ser, o seu candidato a deputado federal é o ex-prefeito Valmir Monteiro (ainda PSC) e o candidato a deputado estadual será o líder do governo na Assembleia, Gustinho Ribeiro (PSDB).

Até setembro, Valmir Monteiro deve deixar o partido dos irmãos Amorim e se filiar a um partido da base aliada do governo, mais vinculado a Rogério Carvalho.
Este é o cenário político de hoje, mas até abril de 2014, prazo final para descompatibilização de cargos para quem está no poder público e deseja ser candidato a um cargo eletivo, tem muita água para rolar por debaixo da ponte.

No sertão 1
Ontem, durante solenidade em Canindé do São Francisco com as presenças do ministro Pepe Vargas e o presidente do Incra Carlos Guedes, o vice-governador Jackson Barreto (PMDB) enalteceu o governador Marcelo Déda (PT) que não foi a solenidade do Projeto de Assentamento Colônia Agrícola Daniel Ricardo dos Santos e criticou o atraso na aprovação do Proinveste. Falou do prejuízo que representa para o Estado o fato de Sergipe ter sido o último a aderir ao programa do governo federal.

No sertão 2
A solenidade foi bastante concorrida em termos de público e autoridades. Entre os presentes o prefeito Heleno Silva (PRB/Canindé) e mais quatro prefeitos da região (Nossa Senhora da Glória, Monte Alegre, Poço Redondo e Gararu). Além dos deputados federais Márcio Macedo (PT), Rogério Carvalho (PT), Valadares Filho (PSB) e Fábio Reis (PMDB) e os deputados estaduais João Daniel (PT) e Gustinho Ribeiro (PSD).  

De volta
Pepe Vargas e Carlos Guedes almoçaram em Canindé e depois pegaram o avião de volta a Brasília às 16h, em Paulo Afonso.

Agenda
Déda não foi a Canindé ontem para evitar o esforço num dia muito chuvoso numa viagem que poderia ser extremamente cansativa para quem chegou na quinta-feira de mais uma sessão de quimioterapia. Pela manhã promoveu uma série de reuniões com secretários da administração estadual para dinamizar todas as providências necessárias ao início da obra de modernização do Batistão.

Fogo inimigo 1
O deputado federal Mendonça Prado (DEM) é mais um a criticar o senador Eduardo Amorim (PSC) por conta das intervenções contra o Proinveste no ano passado. Ontem, no programa de George Magalhães, o parlamentar disse que os irmãos Amorim são o "exterminador de Sergipe" pelos "interesses mesquinhos e políticos".

Fogo inimigo 2
Segundo Mendonça, eles "deceparam" o Proinveste por provocar um atraso de oito meses na sua aprovação. "O grupo tenta inviabilizar o sustento do povo sergipano, para que seja bom para ele. Não podemos viver com esse tipo de política destrutiva. Precisamos abominar e informar à população sobre essa prática", frisou.   

Alfinetada

Disse ainda que diferente de alguns que depois mudaram de opinião, ele sempre foi a favor do Proinveste, por ser grande os benefícios para o povo de Sergipe com obras e geração de emprego.

Determinação
De Mendonça Prado ao ser questionado sobre a possibilidade de um acordo político onde a senadora Maria do Carmo (DEM) seria vice de Eduardo Amorim em 2014: "Impossível Dona Maria ser vice desse cidadão. Mas se isso vier a acontecer será a primeira vez que Dona Maria, que é minha sogra e minha segunda mãe, não terá o meu voto".

Sem ibope

O presidente do PTB, Edvan Amorim, afirmou ontem à coluna que as criticas de Mendonça Prado a ele e ao seu irmão não passam de ciúmes. "Ele ficou com ciúme porque viu ontem (quinta-feira) Dona Maria sentada ao meu lado no avião trocando figurinha e dando muitas risadas", disse.
Mesma posição
Revelou ainda Amorim que não vai discutir Proinveste com Mendonça Prado pelo fato dele não ter um voto na Assembleia. "Digo que se os deputados estaduais não votaram a favor do Proinveste antes foi pela forma como foi apresentado e sem a relação das obras. Se a especificação das obras fosse apresentada antes, estava tudo certo".

Proposta
O ex-deputado federal João Fontes quer discutir com o governador Marcelo Déda (PT) e o prefeito João Alves (DEM) a possibilidade de tirar o Iate Clube de Aracaju da 13 de Julho e levá-lo para uma área do DER, no Mosqueiro, para que  o local da sua sede seja transformado em uma grande área de lazer da capital, sendo, portanto, uma ampliação do polêmico projeto da Prefeitura de Aracaju. "Seria uma permuta com o Iate, que iria para a descida das balsas", afirmou.

Tentando viabilizar
João Fontes disse à coluna que já conversou com o vice-prefeito José Carlos Machado (PSDB) e o secretário Luiz Durval (Obras) sobre essa possibilidade e que ontem teria uma conversa com o secretário Genival Nunes (Meio Ambiente). "Com o Iate saindo da 13, a área poderá ser transformada na mais bonita de Aracaju levando em consideração os estudos ambientais", defende, enfatizando que isso aconteceu no Rio de Janeiro com o aterro do Flamengo e Botafogo.
 
Bom senso

Com relação a audiência na Justiça no dia 6 de junho para resolver o impasse sobre o projeto da 13 de Julho da Prefeitura de Aracaju e que a Adema só concede a licença ambiental após realização de estudo ambiental, João Fontes disse: "Que o interesse da população se sobreponha, como o Proinveste. É preciso ter espírito público", afirmou, destacando que gosta do meio ambiente e é um defensor do rio.

Chesf
Mediante autorização especial e temporária expedida pela Agência Nacional de Águas (ANA) e do Ibama, a partir deste sábado a Chesf dará início a prática de defluências de 1.100 m³/s do reservatório de Xingó. Na terça-feira pela manhã, às 10h, o governador Déda fechará as comportas do rio Poxim para encher a barragem.

Veja essa…
Um parlamentar federal conseguiu em Brasília recursos para a construção de um Centro profissionalizante em seu município e caiu na besteira de comentar com outro membro da bancada federal de Sergipe o que tinha conseguido. O tal parlamentar ligou para o prefeito dizendo que havia viabilizado o recurso para o seu município, na região centro sul do Estado.

Curtas
Está confirmada para a próxima segunda-feira a solenidade de Sanção da Lei do Proinveste pelo governador Marcelo Déda. Será às 10h, no auditório da Codise. Todos os parlamentares e o prefeito João Alves foram convidados.

Com a aprovação do Proinveste, o Governo do Estado poderá pleitear os R$ 567 milhões junto ao Tesouro Nacional para execução de 33 obras estruturantes nas áreas de mobilidade urbana, infraestrutura, educação, saneamento ambiental e habitação.

No final da manhã, Déda promoveu uma reunião entre os secretários de Governo, Pedro Lopes; da Infraestrutura, Valmor Barbosa, e do Planejamento, Orçamento e Gestão, Jeferson Passos, para agilizar a preparação de uma série de documentos que serão anexados à proposta do programa Proinveste. Quer agilizar a liberação dos recursos em Brasília.
 
O deputado Mendonça Prado também saiu ontem na defesa do senador Valadares na questão da Codevasf. "Esses Amorim lutam para tomar a Codevasf para poder administrar os R$ 102 milhões. Esses cidadãos sentem o cheiro do dinheiro", ironizou.

O Estado de Sergipe poderá dispor de um grande empreendimento ainda este ano. Ele virá da Arábia Saudita. Vamos aguardar.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE