Quarta, 29 De Junho De 2022
**PUBLICIDADE
Publicidade

Comitê científico volta a recomendar uso de máscaras para alguns grupos


Avatar

Publicado em 22 de junho de 2022
Por Jornal Do Dia Se


Com maior incidência na região Nordeste, dados apresentados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) mostram que houve um aumento de 163% na média móvel de casos no período de um mês em todo o país.

Diante do aumento real de pessoas buscando assistência médica após testarem positivo para a Covid-19, técnicos que compõem o Comitê de Operações Emergenciais (COE), da prefeitura de Aracaju, decidiram voltar a recomendar o uso da máscara de proteção facial para alguns grupos populacionais já a partir de hoje.
Esse cenário negativo não se trata de uma particularidade regional; de acordo com o Ministério da Saúde, o aumento dos casos oficializados acontece em todos 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal. Pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) foi esclarecido que o uso de máscaras deve ser adotado por pessoas que estejam com síndromes gripais, com mais de 60 anos ou imunossuprimidos em locais fechados.
Em comunicado oficial publicado na semana passada, a SMS destacou que na primeira quinzena de março deste ano o COE optou por flexibilizar o uso de máscaras faciais em locais abertos e fechados, em virtude da diminuição do número de casos confirmados e do avanço da vacinação contra covid-19 na capital, que já completou 92% da população com a primeira dose e 85,12% de vacinados com a segunda dose. No mesmo informativo divulgado, a pasta destacou a necessidade de todas as pessoas participantes de eventos juninos, sejam eles públicos ou particulares, usem máscaras como forma de minimizar o risco de contaminação. A expectativa é que esse número de pessoas infectadas permaneça em crescimento até a primeira semana de julho.
Com maior incidência na região Nordeste, dados apresentados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) mostram que houve um aumento de 163% na média móvel de casos no período de um mês em todo o país. Na capital sergipana, quando se trata de internações, a prefeitura de Aracaju informou por meio de boletim diário que na cidade há, de forma formal – retirando os não registrados oficialmente -, 229 casos ativos da doença e nove pessoas hospitalizadas tanto na rede pública quanto na rede particular. Apesar de a recomendação estar direcionada para pessoas com síndrome gripal e/ou covid, os representantes do Comitê de Operações Emergenciais orientam todas as pessoas a voltar, de forma pessoal, a multiplicar as respectivas ações preventivas.
A PMA esclareceu que: “mesmo com o avanço da vacinação, que já contempla a população acima dos 60 anos com a 4ª dose, a iniciativa será adotada como medida preventiva, diante do aumento no número de casos confirmados registrados na cidade.” Por enquanto a administração municipal enaltece que a volta do uso das máscaras se trata de uma orientação, sem qualquer exigência governamental publicada no Diário Oficial, assim como ocorreu entre abril de 2020 e fevereiro deste ano. (Milton Alves Júnior)

**PUBLICIDADE
Publicidade


Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE
Publicidade


**PUBLICIDADE
Publicidade