Sábado, 13 De Agosto De 2022
**PUBLICIDADE
Publicidade

Mais seis são presos em Tobias Barreto por furto de água em casas de alto padrão


Avatar

Publicado em 12 de maio de 2022
Por Jornal Do Dia Se


Esta é a segunda operação nos municípios para acabar com as fraudes.

Milton Alves Júnior

O município sergipano de Tobias Barreto foi palco na manhã de ontem de uma operação unificada a qual contou com a participação direta de peritos ligados ao Ministério Público Estadual (MPE), além de agentes da Polícia Civil e Polícia Militar. A missão das equipes era prender pessoas suspeitas de desviar amplo quantitativo de água distribuída pelo governo de Sergipe, através da Companhia de Saneamento (Deso). Ao todo, conforme destacado em nota pública apresentada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE), ainda no final da madrugada os profissionais envolvidos deram início à operação que resultou na prisão de seispessoas. De acordo com a investigação, 13 locais foram identificados como receptores da água clandestina.
Segundo destacado pelo delegado Francisco Gerlândio, atual responsável pela cidade de Tobias Barreto, bem como coordenador das investigações, o desvio do líquido era destinado para casas de luxo, onde servia como fonte de abastecimento de piscinas e manutenção de áreas verdes/paisagismo; ambientes com piscina de grande porte, muitas vezes alugadas para realizar aulas de natação; como também estabelecimentos comerciais onde funcionava um posto de lava-jato destinado, em especial, para caminhões.
Dividida inicialmente em duas etapas, a operação teve a sua primeira fase desencadeada no último dia 27 de abril, quando dez pessoas foram presas na cidade de Lagarto. Todo esse processo de investigação foi desenvolvido após o setor técnico da Deso ter detectado inconsistência operacional do serviço.
De acordo com a Deso, durante análises periódicas foi possível constatar que o órgão público ao longo dos últimos meses se deparava com a necessidade de distribuir, em Tobias Barreto, o mesmo volume de água da cidade de Lagarto – município com uma população bem maior. Chamou ainda a atenção dos peritos a manutenção da base de arrecadação contabilizada em Tobias Barreto; ou seja, a distribuição estava bem maior, enquanto a arrecadação financeira seguia no mesmo patamar mensal. Apesar de ter concluído a segunda, e última, etapa desta operação, a Companhia de Saneamento de Sergipe revelou ao JORNAL DO DIA que segue realizando ações tipo ‘pente-fino’, a fim de combater este tipo de crime.
“O que nos chamou bastante a atenção nesse trabalho é que se tratam de imóveis de luxo, com piscina. Para se ter ideia da proporção, alguns destes espaços serviam até para aluguel com foco em aulas de natação, realização de festas e até lava-jato para caminhão. Todos estes ambientes flagrados pertencem a pessoas que possuem representativas condições financeiras de pagar pela água utilizada”, declarou o delegado que completou destacando: “depois de sermos provocados pela Deso, iniciamos as investigações com o apoio do Ministério Público [Estadual], e, já na primeira fase das detenções, contamos com a participação de profissionais da Polícia Militar.”

**PUBLICIDADE
Publicidade


Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE
Publicidade


**PUBLICIDADE
Publicidade