Quarta, 29 De Junho De 2022
**PUBLICIDADE


Marqueteiro quer construir a imagem pública de Fábio Mitidieri


Avatar

Publicado em 14 de maio de 2022
Por Jornal Do Dia Se


O jornalista e publicitário Carlos Cauê assumiu esta semana a coordenação de marketing da campanha do deputado federal Fábio Mitidieri (PSD), pré-candidato de situação ao governo do estado. Terá que fazer um trabalho intenso para construir a sua imagem pública. Ele é um político novo, desconhecido e que só tem a simpatia dos caciques políticos, por ser tido como “cumpridor de acordos”.
Cauê é o mais vitorioso marqueteiro de Sergipe (Albano Franco em 1998, Déda em 2006 e 2010, Jackson Barreto em 2014 e Belivaldo em 2018, além de todas as campanhas de Edvaldo), mas a opção pela campanha de Mitidieri dará muito mais trabalho do que teria com qualquer outro candidato.
Cauê já enfrentou pedreiras, como a reeleição de Jackson contra os então poderosos irmãos Amorim, e a própria reeleição do governador Belivaldo Chags (PSD), que em abril de 2018, quando assumiu o governo, apresentava modestos 3% nas intenções de voto.
Para justificar a escolha de Mitidieri, Belivaldo costuma lembrar desses 3%, mas ele disputou o pleito na condição de governador do estado, em função da renúncia de Jackson Barreto para disputar o senado. Fábio Mitidieri vai disputar a eleição sozinho, sem uma base eleitoral sólida e com o apoio de um governador que não está nem aí para o processo eleitoral, apesar de já ter transformado as inaugurações e autorizações de obras em verdadeiros comícios, sempre com a participação de seu candidato.
Em 2018, Jackson fechou os olhos para as críticas à sua gestão como governador feitas pela campanha de Belivaldo, que em muitos momentos se apresentava como oposição muito mais contundente do que os próprios adversários. A campanha de Mitidieri terá que fazer a defesa intransigente da administração estadual, que passou quatro anos massacrando os servidores públicos, privando a sociedade de serviços essenciais, e que é reprovada pela população.
Belivaldo se elegeu num pleito sem nomes competitivos, com um desgastado Eduardo Amorim e Valadares Filho, que vinha de sucessivas derrotas. Em 2022, Mitidieri terá ao menos dois adversários bem mais experientes e aprovados do que ele – o senador Rogério Carvalho (PT) e o ex-prefeito de Itabaiana Valmir de Francisquinho (PL) -, além do senador Alessandro Vieira (PSDB), que exerce um mandato com eficiência e reconhecido por todos.
Se Belivaldo já avisou que não pretende participar diretamente da campanha eleitoral, apesar de fechar os olhos para o uso da máquina na pré-campanha de seu candidato, Mitidieri poderá contar com o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) em seu palanque. Quando foi descartado pelo grupo como candidato a governador mesmo liderando as pesquisas internas, esperava-se que o prefeito permanecesse no bloco, mas sem uma participação direta na campanha de governador.
Na terça-feira (10), o Diretório Estadual do PDT se reuniu para discutir o cenário político local, o fortalecimento da sigla e a disputa eleitoral deste ano. No encontro, de acordo com o presidente do partido em Sergipe, Edvaldo Nogueira, os membros da nova diretoria reafirmaram o apoio à pré-candidatura de Fábio Mitidieri (PSD) a governador e iniciaram o planejamento das ações que serão desenvolvidas pelo PDT para a eleição de deputados estaduais e federais.
“Fizemos uma excelente reunião no diretório do PDT, na qual discutimos a situação política do estado, onde reafirmamos apoio à candidatura de Fábio Mitidieri e o nosso envolvimento no ato, que será realizado no dia 23, para lançamento oficial da sua pré-candidatura”, tranquilizou Edvaldo.
Apesar de as convenções partidárias para a homologação de candidaturas estarem previstas para o período de 20 de julho a cinco de agosto, Mitidieri tenta forçar o prefeito a indicar logo um nome para compor a chapa como candidato a vice-governador, de preferência a sua mulher Danusa Silva, que se filiou ao PDT no prazo final permitido pela legislação para estar apta a disputas as eleições. Edvaldo só pensa em anunciar o nome após os festejos juninos.
Enquanto acompanha as negociações políticas, Cauê faz um intenso trabalho nas redes sociais para tornar Fábio Mitidieri mais conhecido do eleitorado. Quer chegar na campanha propriamente dita com um candidato com um perfil já definido, propositivo, e que possa encarar os adversários em condições de igualdade.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE