Domingo, 07 De Agosto De 2022
**PUBLICIDADE
Publicidade

Sergipanos fazem bonito na Gymnasiade


Avatar

Publicado em 18 de maio de 2022
Por Jornal Do Dia Se


Abertura da Gymnasiade 2022, na França. Foto: Jorge Henrique

O Estado de Sergipe se faz presente na Gymnasiade 2022, maior competição escolar do mundo que este ano acontece na cidade Deauville, na França, entre os dias 14 e 23 de maio. Sergipe se faz presente com uma delegação formada por atletas, técnicos, oficiais e dirigentes, alguns até com grandes expectativas para a conquista de medalhas.
A superintendente Especial de Esportes Mariana Dantas, prestigia a delegação sergipana e torce pelo sucesso dos nossos atletas. Mariana revive o período em que foi uma aleta de Karatê com importantes conquistas nacionais e internacionais. Ela se faz presente em todas competições que contam com sergipanos na disputa e vibra com as conquistas dos sergipanos.
– Eu me sinto muito feliz em estar aqui. É fruto do nosso trabalho. Sergipe foi sede da Seletiva Nacional da Gymnasiade e agora, a gente está aqui, coroando a participação do nosso estado, não só com nossos atletas, mas com técnicos, treinadores, com toda uma equipe de dirigentes, aqui presentes na Gymnasiade. Eu tenho certeza que levaremos muitas medalhas para o nosso estado- disse a superintendente bastante motivada.
Dentre os sergipanos presentes em Deauville, podemos citar os técnicos, Luciano Vieira e Euder Lima, técnicos da seleção brasileira de Wrestling e de Judô, respectivamente. Luciano também acredita na conquista de medalhas. “Estamos aqui com atletas de destaque em Sulamericanos, Pan-americanos e Brasileiros. Muitos medalhistas dessa modalidade. É um mundial escolar e o Brasil está aqui para brigar por medalhas”.
O Brasil está competindo no Wrestling com 30 atletas. “São dez meninas no gênero livre feminino, dez no livre masculino e dez na Greco Romana, todos em condições de conquistar medalhas”, disse o professor Luciano.
Ainda como técnicos sergipanos presentes em Paris, estão Euder Lima, um dos técnicos da Seleção Brasileira de Judô e Walter Thiessen, membro da Internacional School Federation (ISF) e da Comissão de Natação.
No que diz respeito aos atletas, Sergipe se faz presente com cinco atletas. São dois atletas tradicionais e três paraatletas. A principal esperança de medalhas é a paraatleta Luciele Caroline, aluna do Centro de Excelência Santa Maria, que vai competir no atletismo nas provas de arremesso de peso, lançamento de disco e arco.
Luciele tem experiência internacional, pois já conquistou medalha de prata no Mundial da Suíça. Aqui ela vai tentar quebrar o recorde obtido recentemente no Brasileiro em São Paulo. Luciele começa a competir na quinta-feira dia 19. Enquanto isso, torce pelos colegas, eu já estão competindo e treina para fazer bonito.
– Estou bastante ansiosa, porém bem preparada para conquistar medalhaspara o meu Brasil, para o Estado de Sergipe. E quem sabe, se aqui eu não bato um novo recorde”, disse confiante a superatleta.
A equipe de atletismo treinada pelo professor Antônio Ferreira Junior, conta ainda com o Tarciso Alves Nunes, no ciclismo adaptado e Kaliane que vai correr os 3 mil metros.
– Nossa expectativa é muito grande. Como o paraatletismo tem uma pontuação diferenciada, por enquanto eles estrão fazendo alguns cálculos, para definir os classificados, ver quem está em primeiro, quem está em segundo. Vamos conquistar muitas medalhas como temos conquistado nas diversas competições pelo mundo” disse Ferreirinha.
Sergipe participa do evento com os seguintes atletas de respectivas modalidades: Luciele Caroline, Kaliene Santos e Tarciso Nunes,no Atletismo, Bruno Iuri, no Boxe e Flávia Santos da Ginástica Rítmica.
As disputas de Atletismo começaram nesta segunda-feira (17) e prosseguem até a quinta-feira (19). Ginastica foi iniciada nesta terça-feira e se encerra na quarta-feira.

**PUBLICIDADE
Publicidade


Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE
Publicidade


**PUBLICIDADE
Publicidade