Sábado, 06 De Agosto De 2022
**PUBLICIDADE
Publicidade

STJD desconhece pedido para início das Séries C e D


Avatar

Publicado em 20 de junho de 2012
Por Jornal Do Dia


Rosilene Gomes, presidente da Federação Paraibana de Futebol, ameaça romper com a CBF

GIVALDO BATISTA
givaldobs@yahoo.com.br

As Séries C e D do Campeonato Brasileiro estão muito próximas de começar. O nome decisivo para o início das duas competições será o do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJD), Rubens Aprobatto. Um aval do presidente poderá dar início as duas competições. Entretanto, o Aprobatto afirmou que ainda não recebeu nenhum documento, o que não projeta previsões de início próximas. "Eu ainda não recebi nada. Assim que receber irei analisar e poderemos ter uma previsão de início, mas por enquanto não há nada certo", afirmou.
A diretoria do Santo André entrou com uma ação no STJD, nesta terça-feira, que pede a suspensão de sua própria liminar que paralisava as duas competições, ingressada no Tribunal em maio. Após a reunião desta segunda-feira, ficou acertado que Rio Branco e Araguaína iriam retirar suas ações da Justiça Comum e que Brasil não iria insistir na disputa judicial pela vaga na terceirona.
Com o Araguaína confirmando a disputa da Série D do Brasileirão, o único entrave ficou entre Treze e Rio Branco. O time paraibano se recusou a retirar sua ação da justiça comum e alega estar no direito previsto pela Constituição para disputar o campeonato.

Reação do Treze – Depois de "peitar" Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na última segunda-feira, o Treze reuniu 18 associados, que de forma unânime, aprovaram a manutenção da ação na Justiça Comum que lhe garante no Campeonato Brasileiro da Série C.
A presidente da Federação Paraibana de Futebol Rosilene Gomes, parceira do presidente da CBF, José Maria Marin, ameaça romper com a entidade, caso o Treze de Campina venha a ser prejudicado.

**PUBLICIDADE
Publicidade


Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE
Publicidade


**PUBLICIDADE
Publicidade