Quinta, 18 De Julho De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Exemplo de solidariedade, MST envia 2 toneladas de alimentos para as famílias em Gaza


Publicado em 01 de novembro de 2023
Por Jornal Do Dia Se


Carregamento de duas toneladas de alimentos que serão enviados para Faixa de Gaza. O avião parte hoje do Brasil para o Egito . Foto: FAB/Governo do Brasil

Depois de doar toneladas de alimentos a brasileiros durante a pandemia e também aos atingidos pelas enchentes no Nordeste e Sul do país, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) estendeu sua rede de solidariedade aos sobreviventes dos ataques de Israel à Faixa de Gaza, onde mais de oito mil palestinos já morreram.
O avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que decolou nesta segunda-feira (30), para buscar brasileiros que ainda estão na região do conflito, levou duas toneladas de arroz, farinha de milho e leite produzidos pelo MST. Mas a parceria do movimento com o governo federal quer ir mais longe e enviar 100 toneladas de comida porque a situação na região é calamitosa. Antes entravam em Gaza uma média 500 caminhões por dia e agora apenas 12, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU).
“Presidente Lula envia hoje (segunda-feira, 30), um novo avião da presidência para continuar o trabalho de repatriação dos brasileiros que estão na zona de guerra e mais uma vez aproveita a viagem de ida para enviar ajuda humanitária. Obrigado, MST, pelo gesto de solidariedade”, postou na rede X o ministro da Secretaria de Comunicação da Presidência, Paulo Pimenta.
A atuação do Ministério das Relações Exteriores, “que trabalhou muito para garantir esse primeiro envio”, foi reconhecida por Cassia Bechara, integrante da direção nacional do MST. Ela confirmou a meta de envio dos 100 mil quilos doados pelas famílias da reforma agrária ao povo de Gaza, conforme entrevista ao site Brasil de Fato.
A ação solidária do MST em parceria com o governo Lula para amparar vítimas dos ataques na faixa de Gaza agrega alimentos produzidos por famílias assentadas de Santa Catarina (caixas de leite Terra Viva da Cooperoeste); do Rio Grande do Sul (arroz da Cooperativa Terra Livre e da Cooperavi); e do Ceará (farinha de milho Terra Conquistada).

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade