Sexta, 21 De Junho De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Futebol Feminino do Brasil começará caminhada olímpica contra Camarões


Publicado em 25 de julho de 2012
Por Jornal Do Dia


Marta é a esperança de gols do Brasil hoje na estreia nos Jogos Olímpicos de Londres, contra as meninas de Camarães

A Seleção Brasileira feminina de futebol estreia nos Jogos Olímpicos de Londres nesta quarta-feira, às 14h45 (de Brasília), enfrentando Camarões, no Millennium Stadium, em Cardiff, no País de Gales. O Brasil conquistou a medalha de prata nas duas últimas edições, sendo superado pelos Estados Unidos na final, e agora busca um inédito ouro.

Integrando o Grupo E, que terá na preliminar, às 12h (de Brasília), a Grã-Bretanha enfrentando a Nova Zelândia, o Brasil é favorito absoluto a se classificar em primeiro lugar. Mas o técnico Jorge Barcellos demonstra preocupação com a estreia.

Camarões conseguiu a vaga ao conquistar a Liga Africana de Nações. A equipe vem buscando projeção internacional após se firmar entre uma das forças do continente negro. A principal estrela da companhia é a goleira Annette Ngo Ndom. Porém, a atacante Madeleine Ngono Mani requer muita atenção. Nada que possa surpreender Jorge Barcellos.

– Camarões não é um time fraco. O futebol africano vem crescendo no cenário do futebol feminino e pode conquistar um bom resultado a qualquer momento. Vamos tentar impedir que seja contra a gente, disse Barcellos.

Na Seleção Brasileira a principal estrela da companhia é a atacante Marta, considerada uma das melhores jogadoras de todos os tempos. No meio-de-campo vale a experiência da veterana Formiga.

Síndrome do Quase – Nas duas últimas edições o time canarinho teve que se contentar com a prata, tendo perdido a grande decisão para os Estados Unidos. Agora, em Londres, a ordem é acabar com uma espécie de "Síndrome do Quase". Isso porque as brasileiras sempre estiveram perto de títulos importantes, mas fracassaram na hora decisiva.

A Seleção Brasileira não deverá encontrar maiores dificuldades para avançar às quartas de final integrando uma chave que conta ainda com Grã-Bretanha e Nova Zelândia. A coisa pode começar a se complicar depois, quando adversários de melhor nível cruzarem o caminho canarinho.

Camarões x Brasil

Local: Millennium Stadium. Horário: 14h45 (de Brasília) – Árbitro: Jenny Palmqvist (Suécia).
Camarões: Annette Ngo Ndom, Christine Manie, Augustine Ejangue, Bibi Medoua e Claudine Meffometou; Yvonne Leuko, Françoise Bella, Jeannette Yango e Gabrielle Onguene; Adrienne Iven e Madeleine Ngono Mani. Técnico: Carl Enow.

Brasil: Andreia Suntaque, Bruna Benites, Renata Costa e Erika; Fabiana, Ester, Formiga, Francielle e Maurine; Thaisinha e Marta. Técnico: Jorge Barcellos.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE