Segunda, 08 De Agosto De 2022
**PUBLICIDADE
Publicidade

Adiada votação sobre ocupação de solo


Avatar

Publicado em 28 de junho de 2012
Por Jornal Do Dia


ATIVISTAS DO FÓRUM EM DEFESA DA GRANDE ARACAJU MONTARAM UM PAINEL EM FRENTE À CÂMARA COM FOTOS DOS VEREADORES

Lideres de entidades compareceram a Câmara para a votação

Milton Alves Júnior

Por 11 votos a favor e cinco contra, vereadores de Aracaju decidiram ontem adiar a votação do Plano Diretor que determinaria índice de aproveitamento do solo na capital.
O projeto deverá ser votado no dia 10 de agosto, após o recesso dos parlamentares municipais.
Alegando pouco tempo para estudar a matéria, o vereador Fábio Mitidieri entende que essa pausa é suficiente para que todos possam tomar a decisão mais coerente. "Para que haja uma mudança dessa natureza, é necessário que uma análise mais aprofundada seja realizada por cada um dessa Casa. Tenho certeza que após esses próximos 45 dias a melhor definição para o assunto será adotada por todos os vereadores", disse.
Durante o debate em torno do adiamento da votação, o presidente da Câmara dos Vereadores, Emmanuel Nascimento, chegou a interromper os pronunciamentos para conter o protesto das pessoas que acompanhavam a sessão.
Outro empecilho encontrado pela maioria dos vereadores foi a necessidade de uma votação integral da Lei Orgânica, e não fragmentada. O vereador Doutor Emerson contestou: "Já foi concedido tempo suficiente para que essa votação fosse realizada. Todos aqui sabem que as médias e grandes cidades possuem esse tipo de norma a fim de proporcionar uma qualidade de vida melhor para os respectivos habitantes. O Plano Diretor é uma conquista de toda a sociedade brasileira", afirmou.

Manifestação – Com a instalação de um placar de votação em frente à Câmara, manifestantes ligados ao Fórum em Defesa da Grande Aracaju aguardavam ansiosos pelo resultado da eleição. Para Joseilton Nery, a presença da sociedade na sessão  serviu para pressionar os vereadores a atuarem em favor da população. "Nossa presença é fundamental para transparecer aos aracajuanos quais os vereadores que de fato estão compromissados em designar um futuro melhor para todos. A nossa esperança é que a aprovação dessa emenda seja garantida de imediato", pontuou.
Além de militantes dos movimentos comunitários, ecológicos e sindicais, autoridades e dirigentes sindicais como o presidente da OAB/SE, Carlos Augusto Monteiro Nascimento, o presidente da CUT/SE, Rubens Marques (Dudu), e a deputada estadual Ana Lúcia (PT) também marcaram presença na sessão.

**PUBLICIDADE
Publicidade


Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE
Publicidade


**PUBLICIDADE
Publicidade